Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Assembleia da Venezuela declara “formalmente a usurpação” do governo

Publicado em 15/01/2019 - 19:45

Por Agência Brasil Brasília

A Assembleia Nacional da República Bolivariana da Venezuela aprovou hoje (15) um acordo, classificado como histórico pelos parlamentares, em que é declarada “formalmente a usurpação da Presidência da República" por Nicolás Maduro. A moção estabelece ainda a anulação de “todos os supostos atos emanados do Poder Executivo".

A decisão ocorre após a prisão e libertação do presidente do Parlamento venezuelano, Juan Guaidó, um dos principais opositores de Maduro.

Na sua conta no Twitter, Guaidó relatou toda a sessão na Assembleia que ocorre na tarde hoje. Guaidó invocou os artigos 233, 330 e 350 da Constituição venezuelana, que definem as atribuições do Parlamento e do governo. Para os parlamentares, Guaidó deve assumir o poder.

Sessão da Assembleia Nacional da Venezuela
Sessão da Assembleia Nacional da Venezuela - Manaure Quintero/Reuters/Direitos reservados

 

A crise na Venezuela é tema de reunião amanhã (16) dos presidentes Jair Bolsonaro e da Argentina, Mauricio Macri, que visita Brasília nesta quarta-feira.

Para o Brasil, o segundo mandato de Maduro não é legítimo, a Assembleia Nacional deve assumir o poder com a incumbência de promover novas eleições.

 

Matéria alterada às 23h do dia 17/01/2019 para mudar Assembleia Nacional Constituinte da Venezuela por Assembleia Nacional da República Bolivariana da Venezuela

Edição: Carolina Pimentel

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas notícias