ONU diz que 180 mil deixaram casas na Síria fugindo de ofensiva turca

Publicado em 26/10/2019 - 11:25 Por NHK (emissora pública de televisão do Japão) - Tóquio

Uma funcionária da Organização das Nações Unidas (ONU) afirmou que mais de 180 mil pessoas tiveram que deixar suas casas no norte da Síria, desde o início de uma ofensiva turca contra as forças curdas na região, em 9 de outubro.

Ursula Mueller, secretária-geral assistente do Escritório da ONU para a Coordenação de Assuntos Humanitários, afirmou que há cerca de 80 mil crianças entre aquelas que fugiram do combate, e que mais de 10 mil pessoas cruzaram a fronteira e entraram no vizinho Iraque.

Ela disse que a população na Síria precisa urgentemente de ajuda humanitária. Contudo, segundo ela, a necessidade primordial é ser poupada de hostilidades.

O Observatório Sírio para os Direitos Humanos estima, separadamente, que o número de pessoas que deixaram suas casas chega a 250 mil.

A Turquia suspendeu as operações militares contra combatentes curdos na quarta-feira (23), e tropas russas iniciaram o patrulhamento da área, com base em um acordo com o governo turco para a retirada dos curdos da região.

Edição: -

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias