Digite sua busca e aperte enter

Compartilhar:

Frente de Resistência Urbana promoveu 21 bloqueios em sete estados

Publicado em 18/03/2015 - 19:14 e atualizado em 18/03/2015 - 19:38

Por Bruno Bocchini - Repórter da Agência Brasil São Paulo

A Frente Nacional de Resistência Urbana, composta por dez movimentos sociais, fez, até as 17h de hoje (18), 21 bloqueios de rodovias em sete estados, segundo balanço divulgado no meio da tarde. De acordo com os organizadores do movimento, cerca de 20 mil pessoas participaram das ações.

O coordenador do Movimento dos Trabalhadores Sem Teto (MTST), Guilherme Boulos, disse que as manifestações desta quarta-feira tiveram três motivos principais: deixar clara a posição dos movimentos sociais contra o ajuste fiscal do governo federal, reivindicar uma reforma urbana, com novas leis de inquilinato e contra a especulação imobiliária, e o enfrentar a direita no país.

“Essas mobilizações de hoje também vieram marcar posição clara do movimento social de enfrentamento à ofensiva da direita no país. Não vamos assistir calados ao aumento da intolerância, do preconceito, do ódio social, a defesa de intervenção militar e de golpismo no país. Esse tipo de posição, e de pauta, vai encontrar uma resistência brava e decidida da parte dos movimentos populares”, disse Boulos.

“Não temos como defender o governo, que só toma medidas antipopulares e contra os trabalhadores. Que o governo realize o programa que o elegeu. O papel nosso não é defender o governo, é ter independência, mas sermos categóricos contra o avanço de uma direita, que ataca os movimentos sociais, a democracia, destila preconceito, intolerância e ódio”, completou.

A maioria das interdições ocorreu na parte da manhã em São Paulo: na Rodovia Raposo Tavares; Marginal Pinheiros; Avenida Senador Teotônio Vilela; Rodovia Régis Bittencourt; Avenida Assis Ribeiro; Avenida Giovanni Gronchi, Estrada de Itapecerica; Avenida Aricanduva; Avenida Radial Leste; e na Marginal Tietê.

Em São José dos Campos, no interior do estado, os movimentos interromperam o tráfego na Via Dutra.

No Rio de Janeiro, houve interdição na BR-101, em Niterói. Em Minas Gerais, foram interditadas as BRs-050 e 165, em Uberlândia; o Anel Viário e a BR-040 em Belo Horizonte; a BR-116 em Fortaleza; a Avenida Epitácio Pessoa, em João Pessoa; o Contorno Sul, em Curitiba; e a Avenida Paralela, em Salvador.

No estado de São Paulo, mais duas rodovias deverão ser bloqueadas nesta noite: a Rodovia Anchieta, em São Bernardo do Campo, e a Anhanguera, em Campinas. Amanhã (19) deverão ocorrer interdições nos estados do Pará e de Roraima.

A Frente Nacional de Resistência Urbana é formada pelo MTST, pelo Movimento Urbano Sem Teto de São José dos Campos, Brigadas Populares, Movimento Luta Socialista, Movimento Sem Teto da Bahia, Nós da Sul, Comitê Popular da Copa, Movimento Terra Livre, Movimento Popular por Moradia e Movimento Luta Popular.

Alterada às 19h38 para acréscimo de informação

Edição: Aécio Amado

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique

Últimas notícias