Você está aqui

Conselho de Ética do Senado destitui relator do caso Delcídio do Amaral

  • 24/02/2016 20h00publicação
  • Brasílialocalização
Mariana Jungmann – Repórter da Agência Brasil

Senador Ataídes Oliveira é sorteado relator do caso Delcídio do Amaral no Conselho de Ética do Senado (Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Substituto  de  Ataídes  Oliveira  seré  escolhido  em sorteio na próxima semana Arquivo/Agência Brasil

O Conselho de Ética do Senado destituiu hoje (24) o relator do processo contra o senador Delcídio do Amaral (PT-MS), Ataídes de Oliveira (PSDB-TO). O sorteio do novo relator será na próxima semana.

A defesa de Delcídio tinha pedido a substituição de Ataídes porque o partido dele declarou apoio à representação contra o senador petista.

A representação foi assinada apenas pelo PPS e pela Rede, mas o líder do PSDB, Cássio Cunha Lima (PB), declarou à imprensa na época que o partido não assinaria do documento porque tinha interesse em ficar com a relatoria.

As regras do Conselho de Ética estabelecem que os partidos que representam contra o réu não podem relatar o caso porque não teriam imparcialidade no processo. Agora o PSDB deverá ficar fora do novo sorteio.

O relator que pegar o caso terá como primeira missão analisar a defesa prévia de Delcídio do Amaral e dar parecer sobre a abertura do processo – com a oitiva de testemunhas e o recolhimento de provas – ou se o caso deve ser arquivado.

Edição: Nádia Franco