Você está aqui

Termina rebelião na Penitenciária Estadual de Cascavel

  • 26/08/2014 10h41publicação
  • Brasílialocalização
Andreia Verdélio - Repórter da Agência Brasil

A rebelião na Penitenciária Estadual de Cascavel terminou na madrugada desta terça-feira (26), após a transferência de presos e a libertação dos dois agentes que foram mantidos reféns. A perícia técnica da Polícia Militar (PM) realiza nesta manhã uma inspeção na unidade e a contagem dos presos, segundo a Secretaria da Justiça, Direitos Humanos e Cidadania (Seju).

O motim teve início na manhã de domingo (24) e um acordo foi feito na tarde de ontem (25). Os detentos reclamavam da alimentação, da relação com a direção do presídio e pediam o relaxamento das visitas.

Segundo a Seju, a PM confirma cinco mortos e 25 feridos, sendo que oito foram encaminhados para hospitais da região. O Instituto Médico-Legal também está trabalhando na identificação dos mortos.

Cerca de 80% das instalações do presídio foram depredados, e 851 detentos foram transferidos. Os dois agentes penitenciários foram libertados por volta das 3h.

A Penitenciária de Cascavel tem capacidade para 1.116 presos e mantinha 1.038 detentos no momento em que a rebelião foi deflagrada.

Edição: Graça Adjuto