Você está aqui

Fortaleza: militantes e parlamentares fazem carreata de apoio ao governo

  • 13/03/2016 16h39publicação
  • Fortalezalocalização
Edwirges Nogueira - Correspondente da Agência Brasil
Fortaleza - Manifestantes realizam ato pró-governo (Edwirges Nogueira/Agência Brasil)

Fortaleza - Manifestantes realizam ato pró-governo Edwirges Nogueira/Agência Brasil

Em resposta à manifestação contra o governo federal e contra o ex-presidente Lula, militantes e parlamentares do PT realizaram hoje (13) pela manhã uma carreata pelas ruas da periferia de Fortaleza. O grupo se concentrou no bairro Parangaba e percorreu cerca de 12 quilômetros pelo lado oeste da cidade em direção à orla do bairro Pirambu.

A caravana foi organizada pelo líder do Governo na Câmara, deputado federal José Guimarães (PT-CE), que disse que o evento foi uma preparação para o ato que será realizado no dia 18 de março em todo o Brasil. “É muito importante sermos solidários a Lula neste momento, pelo que ele representa para o povo brasileiro. Isso aqui é só o 'esquenta' para o dia 18. Se os manifestantes contra o governo vão botar hoje muita gente nas ruas, nós vamos botar o dobro no dia 18.” Em Fortaleza, o ato vai se concentrar na Praça da Bandeira, no centro da cidade.

Pelas avenidas, várias pessoas nas calçadas demonstravam apoio. Algumas portavam bandeiras vermelhas. Houve também quem se colocou contra a manifestação. A Polícia Rodoviária Estadual prestou apoio à carreata durante o percurso. Por meio da assessoria de imprensa, a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social afirmou que não vai se manifestar sobre a estimativa de público do evento.

O jornalista Paulinho Oliveira, de 40 anos, foi um dos militantes que acompanharam a caravana. Com bandeira na mão e camisa verde e amarela, ele conta que se filiou ao PT em 2014 como forma de agir para enfrentar as ofensivas contra o governo. “Eu fiz questão de vir de camisa verde e amarela porque, infelizmente, as cores da nossa bandeira estão sendo usurpadas. A bandeira nacional pertence a todos, principalmente à maioria dos eleitores que decidiu que Dilma Rousseff seria a presidenta da república. Impeachment sem crime de responsabilidade é golpe.”

Os militantes chegaram na avenida Vila do Mar, no bairro Pirambu, por volta das 13h. Parlamentares e lideranças discursaram em um palco montado no calçadão da via, próximo às barracas de praia. “Estar aqui hoje significa fazermos um contraponto com tranquilidade, sem violência e sem confronto, mas querendo dizer que esse é o Brasil real, muito longe desse Brasil que vai às ruas hoje e que quer a volta do colonialismo e do patriarcalismo”, afirmou a deputada federal e ex-prefeita de Fortaleza, Luizianne Lins (PT-CE).

Nesta tarde, manifestantes que defendem o impeachment da presidente Dilma Rousseff já estão concentrados no aterro da Praia de Iracema, área nobre da cidade, e devem realizar uma passeata pela orla da avenida Beira Mar.

Edição: Lana Cristina