Você está aqui

Grupos de manifestantes entram em confronto em frente ao Palácio do Planalto

  • 17/03/2016 10h33publicação
  • Brasília localização
Paula Laboissière e Felipe Pontes - Repórteres da Agência Brasil

Manifestantes contrários e favoráveis ao governo da presidenta Dilma Rousseff entraram em confronto há pouco em frente ao Palácio do Planalto. A Polícia Militar do Distrito Federal restabeleceu a ordem no local. Pelo menos três pessoas foram presas.

Homens do batalhão de Rondas Ostensivas Táticas Motorizadas fizeram um cordão de isolamento na pista de acesso ao Palácio do Planalto no intuito de separar os grupos. Dezenas de viaturas foram posicionadas em um dos canteiros próximos ao Congresso Nacional caso haja necessidade de uma nova intervenção.

"Respeitamos a manifestação do último domingo e também queremos respeito. Estamos manifestando pelo Estado Democrático de Direito. O certo é que quem é contrário ao governo fique a cinco quilômetros de distância e não aqui, na frente do Palácio do Planalto", disse o professor Eduardo Natedi, vestido de vermelho.

"Hoje está provado que o Partido dos Trabalhadores tomou o poder para um projeto criminoso. Não tem mais jeito. Pessoas que já foram do partido não o defendem mais. Queremos mostrar que o que começou ontem não pode continuar. O Lula não pode ser ministro e a Dilma não pode seguir", disse Margarida Trindade, aposentada, vestida de preto, como grande parte dos manifestantes contrários ao governo. 

Edição: Lílian Beraldo