Você está aqui

Ocupação hoteleira no Rio para o réveillon deve passar de 90%

  • 27/12/2017 15h36publicação
  • Rio de Janeirolocalização
Vinícius Lisboa - Repórter da Agência Brasil

Rio de Janeiro - Praia de Copacabana no primeiro final de semana do verão no Rio de Janeiro(Fernando Frazão/Agencia Brasil)

Praia de Copacabana deve receber 3 milhões de pessoas para a festa de réveillonFernando Frazão/Arquivo/Agência Brasil

A procura de turistas brasileiros por hotéis no Rio de Janeiro fez a taxa de ocupação na rede hoteleira da cidade chegar a 87% dias antes do réveillon, e a previsão da Riotur é que esse percentual aumente nos próximos dias, ultrapassando os 90%.

O presidente da empresa municipal de turismo, Marcelo Alves, considera o percentual histórico. Segundo ele, o número de quartos na cidade subiu de 20 mil para 58 mil nos últimos anos, o que torna a ocupação próxima de 90% ainda mais significativa, considerando a oferta maior.

“A cidade está completamente lotada de turistas. Vamos chegar a uma ocupação hoteleira de mais de 90%. Isso é um recorde na cidade do Rio de Janeiro”, disse Alves. “Triplicamos, praticamente, o volume de turistas na cidade. Temos que comemorar”, acrescentou.

Segundo dados apresentados pela Associação Brasileira da Indústria de Hotéis à Riotur, a taxa de ocupação é maior nos hotéis de Ipanema e Leblon, onde já atinge 92%. Em Copacabana e no Leme, a taxa está em 91%, assim como em Botafogo.

Os hotéis da Barra da Tijuca e de São Conrado estão com uma média de 85% dos quartos ocupados, e no Centro, a taxa é de 78%.

Mais brasileiros no Rio

Oito em cada dez turistas que estão no Rio para o fim do ano são brasileiros, de acordo com a Riotur. Alves explicou que a presença de turistas de outros estados se deveu a um esforço concentrado de divulgação da cidade do Rio de Janeiro em todo o Brasil. “É muito importante reforçar que o Brasil está no Rio de Janeiro, e a gente está muito satisfeito com isso”.

Edição: Luana Lourenço