Você está aqui

STF publica lista de envolvidos na Operação Lava Jato

  • 06/03/2015 21h23publicação
  • 06/03/2015 22h34atualização
  • Brasílialocalização
Marcelo Brandão - Repórter da Agência Brasil

O Supremo Tribunal Federal (STF) divulgou há pouco a lista com os nomes de políticos sobre os quais o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu abertura de inquérito no caso da Operação Lava Jato. Entre eles, estão os presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara, Eduardo Cunha (PMDB-RJ). Doze senadores são citados, além de deputados e ex-governadores como Antônio Anastasia (PSDB) e Roseana Sarney (PMDB).

Alguns dos pedidos foram arquivados, como é o caso dos senadores Delcídio Amaral, Romero Jucá, Aécio Neves e Ciro Nogueira; os deputados federais Henrique Eduardo Alves, Aguinaldo Ribeiro e João Alberto Pizzolatti Júnior; os ex-deputados Cândido Vaccarezza, João Alberto Júnior, Pedro Correa e Alexandre José dos Santos. Em outro processo, no entanto, Zavascki pede diligências relativas à atuação de Pizzolatti, Vaccarezza, Jucá, Pedro Correa, Aguinaldo Ribeiro e Ciro Nogueira.

O ministro Teori Zavascki, relator do caso no STF, deferiu 21 pedidos de abertura de inquérito feitos pelo procurador-geral da Repúbica referentes a autoridades com prerrogativa de foro e outras pessoas que podem estar envolvidas na investigação, que teve como foco principal desvios de recursos da Petrobras. Zavascki revogou o sigilo da tramitação dos procedimentos, tornando públicos todos os documentos referentes ao processo.

Veja a lista publicada de nomes citados, entre os arquivados e os pedidos de inquérito:

DELCÍDIO DO AMARAL GÓMEZ
ROMERO JUCÁ FILHO
ALEXANDRE JOSÉ DOS SANTOS
HENRIQUE EDUARDO LYRA ALVES
CÂNDIDO ELPIDIO DE SOUZA VACAREZZA
AÉCIO CUNHA NEVES
JOÃO ALBERTO PIZZOLATTI JUNIOR
PEDRO DA SILVA CORREA DE OLIVEIRA ANDRADE NETO
CIRO NOGUEIRA LIMA FILHO
AGUINALDO VELLOSO BORGES RIBEIRO
JOSÉ RENAN VASCONCELOS CALHEIROS
ROSEANA SARNEY MURAD
EDISON LOBÃO
LUIZ LINDBERGH FARIAS FILHO
VANDER LUIZ DOS SANTOS LOUBET
CÂNDIDO ELPIDIO DE SOUZA VACAREZZA
GLEISI HELENA HOFFMAN
HUMBERTO SÉRGIO COSTA LIMA
SIMÃO SESSIM
BENEDITO DE LIRA
JOSÉ MENTOR GUILHERME DE MELO NETO
EDUARDO CUNHA
JOSÉ OTÁVIO GERMANO
LUIZ FERNANDO RAMOS FARIA
ROBERTO SÉRGIO RIBEIRO COUTINHO TEIXEIRA
NELSON MEURER
EDUARDO HENRIQUE DA FONTE DE ALBUQUERQUE SILVA
AGUINALDO VELLOSO BORGES RIBEIRO
ALINE LEMOS CORRÊA DE OLIVEIRA ANDRADE
ANÍBAL FERREIRA GOMES
ARTHUR CESAR PEREIRA DE LIRA
CARLOS MAGNO RAMOS
DILCEU JOÃO SPERAFICO
FERNANDO ANTÔNIO FALCÃO SOARES (FERNANDO BAIANO)
GLADISON DE LIMA CAMELI
JERONIMO PIZZOLOTTO GOERGEN
JOÃO FELIPE DE SOUZA LEÃO
JOÃO LUIZ ARGÔLO FILHO
JOÃO SANDES JUNIOR
JOÃO VACCARI NETO
JOSÉ AFONSO EBERT HAMM
JOSÉ LINHARES DA PONTE
JOSÉ OLIMPIO SILVEIRA MORAES
LÁZARO BOTELHO MARTINS
LUIZ CARLOS HEINZE
MÁRIO SILVIO MENDES NEGROMONTE
PEDRO HENRY NETO
RENATO DELMAR MOLLING
RENATO EGÍGIO BALESTRA
ROBERTO PEREIRA DE BRITTO
ROBERTO SERGIO RIBEIRO COUTINHO TEIXEIRA
VALDIR RAUPP DE MATOS
VILSON LUIZ COVATTI
WALDIR MARANHÃO CARDOSO
ANTONIO PALOCCI FILHO
FERNANDO AFFONSO COLLOR DE MELLO
ANTONIO AUGUSTO JUNHO ANASTASIA

* A matéria foi atualizada às 21h59 para inclusão de dois nomes posteriormente divulgados pelo STF. Às 22h34, corrigiu-se o número de senadores citados, que não são 10 e sim 12. Além disso, a matéria foi ampliada.

Edição: Lana Cristina