Você está aqui

Quatro jovens são mortos em chacina na Grande São Paulo

  • 19/09/2015 13h00publicação
  • São Paulolocalização
Daniel Mello - Repórter da Agência Brasil

Quatro jovens foram assassinados na madrugada de hoje (19) em Carapicuíba, município da região metropolitana de São Paulo. Segundo o boletim de ocorrência, eles foram encontrados na Rua Rodamis Creti, deitados de bruços e com tiros na cabeça. Os corpos estavam ao lado de duas motos.

Três dos mortos eram menores de idade, dois tinham 16 anos e um 17. O outro, Carlos Eduardo Motilia de Souza, tinha 18 anos. De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo, nenhum tinha antecedentes criminais. As cápsulas deflagradas e os projéteis encontrados no local foram levados para perícia. O caso está sendo investigado.


Chacina de Osasco

Há pouco mais de um mês, no dia 13 de agosto, 19 pessoas foram mortas em uma série de ataques nos municípios de Osasco e Barueri, também a oeste da capital paulista. Está sendo investigada a hipótese de que os crimes tenham sido cometidos por policiais militares como vingança pelo assassinato de um colega.

O secretário estadual de Segurança Pública, Alexandre de Moraes, disse, no último dia 11, que a perícia feita nos celulares e em outros materiais apreendidos de 18 policiais militares permitiu um avanço importante na apuração dos fatos. Até o momento, apenas o soldado Fabrício Emmanuel Eleutério teve a prisão preventiva decretada pela Justiça Militar. Ele foi reconhecido pessoalmente por um sobrevivente da chacina. O soldado negou a participação nos assassinatos.

Para esclarecer os crimes foi montada uma força-tarefa com 50 policiais civis, peritos e policiais militares da Corregedoria da corporação.

Edição: Graça Adjuto