História Hoje: Há 51 anos morria a escritora Cecília Meireles

Publicado em 09/11/2015 - 07:30 Por Apresentação Dilson Santa Fé - Brasília

Há 51 anos morreu um dos mais belos talentos da literatura brasileira, Cecília Meireles, a pastora de nuvens. Carioca do bairro da Tijuca, zona norte do Rio de janeiro, teve a infância marcada pela dor e solidão. Ficou órfã de mãe muito cedo e acabou sendo criada por sua avó materna, Dona Jacinta. O interesse pela literatura despertou prematuramente na vida daquela menina. Aos 9 anos, começou a escrever poesias; aos 18, Cecília publicou o primeiro livro: “Espectro” - uma coleção de 17 sonetos.

 

Ela se casou em 1922 com Fernando Correia, um artista plástico português. Com ele, teve suas “Três Marias”: Maria Elvira, Maria Mathilde e Maria Fernanda. O marido cometeu suicídio 13 anos depois. Cecília voltou a se casar cinco anos mais tarde com o professor e engenheiro agrônomo Heitor Vinícius da Silveira Grilo.

 

As duas grandes paixões de Cecília Meireles eram a educação e a poesia. Além de ser especialista em educação primária, ela deu aulas de literatura na universidade do Rio de Janeiro. Cecília adorava viajar. Por dois lugares tinha um carinho especial: Portugal e Índia. O Oriente ocupa um lugar central na geografia poética de Cecília Meireles, com uma dedicação amorosa à paisagem humana da Índia. O livro “Os Poemas”, escrito na Índia, foi a primeira coletânea de poeta brasileiro editada naquele país. Cecília Meireles foi também a primeira mulher a ter um livro premiado pela Academia Brasileira de Letras com a obra “A Viagem”. Ela morreu de câncer, aos 63 anos, no entardecer do dia 9 de novembro de 1964.

 

Alterado às 09h03 para correção de informação

Últimas notícias
Direitos Humanos

Corpo de Dom Phillips é velado em Niterói, no Rio de Janeiro

Durante o velório, um pronunciamento foi lido pela irmã do jornalista. Sian Phillips destacou os motivos que levaram Dom a ser assassinado e selou um compromisso de continuar o trabalho dele.

Baixar arquivo
Saúde

Navio hospitalar atenderá comunidades ribeirinhas do Pantanal

Até o dia 3 de julho, o Navio de Assistência Hospitalar Tenente Maximiano vai percorrer os 520 quilômetros no trecho sul do Rio Paraguai para atendimentos médicos e odontológicos.

Baixar arquivo
Educação

Covid: Fiocruz reafirma importância de manter aulas presenciais

A Fundação Oswaldo Cruz enfatiza que é necessário ter disponibilidade de testes para covid-19 na comunidade escolar e recomenda que seja dada prioridade à vacinação com doses de reforço aos trabalhadores da educação.

Baixar arquivo
Cultura

Cem anos do rádio no Brasil: a Rádio Nacional

Não é possível contar a história do rádio no Brasil, sem mencionar a Rádio Nacional. Entre os anos 1940 e 1950, a emissora foi responsável por inesquecíveis programas, formatos e profissionais de nosso rádio.

Baixar arquivo
Geral

Acidente com avião de pequeno porte deixa três mortos em SP

Um avião de pequeno porte caiu em Salto do Pirapora no interior de São Paulo. Depois da queda, a aeronave pegou fogo. Três pessoas morreram no acidente. O piloto, a esposa e uma funcionária do casal. O corpo de bombeiros foi acionado pouco antes do meio-dia e trabalhou no resgate. 

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Multas ambientais são convertidas em insumos para proteção de animais

São equipamentos como mesa de atendimento veterinário, ultrassonografia, terapia a laser e a construção de recintos de voo, utilizados para tratamento e reabilitação dos animais.

Baixar arquivo