Festa Literária das Periferias começa nesta quarta, no Rio; mulheres negras são as protagonistas

Mulheres negras

Publicado em 15/10/2019 - 16:17 Por Raquel Júnia - Rio de Janeiro

Cinco dias para respirar poesia falada, literatura, debate, fotografia e artes plásticas. No centro dos holofotes, artistas mulheres negras. A Festa Literária das Periferias, a Flup, que começa nesta quarta-feira e vai até o próximo domingo, conta, neste ano, a história daquelas que precisam resistir ainda mais para mostrar sua arte.

 

Realizada pela primeira vez no Museu de Arte do Rio, o MAR, na região portuária da cidade, localidade também conhecida como Pequena África, a Flup tem como temática central neste ano o feminismo negro e a poesia falada.

 

A programação inclui mesas de debates sobre o papel das mulheres nas artes, a literatura como mobilidade social, a diversidade do continente africano, o avanço do feminismo negro no Brasil, o sexismo, a homofobia, os impactos dos conflitos socioambientais na população negra, entre outros temas.

 

A costura se faz também pela escolha do homenageado nesta edição: o poeta, dramaturgo e artista Pernambuco Solano Trindade, responsável pelo I Congresso Afro-Brasileiro, realizado em 1934, no Recife.

 

Um dos fundadores da Flup, Julio Ludemir, detalha que a programação, com 100 autores de 20 países - 12 africanos -, evidencia o quanto o feminismo negro tem forjado um lugar de destaque no Brasil e no mundo.


“Não existe nada mais relevante no Brasil do que esse feminismo negro. E vale lembrar que eu estou falando na cidade onde se matou Marielle Franco. Num momento como esse ter mulheres negras protagonizando um festival literário, acho de uma importância fundamental e uma das maneiras de dialogar com a obra de Solano Trindade, que era um poeta engajado”.


Entre as convidadas, estão a nigero-americana Funmilola Fagbamila, uma das criadoras do movimento Black Lives Matter, a jornalista francesa Audrey Pulvar, uma das principais referências atuais sobre conflitos socioambientais, a socióloga e professora Patricia Hil Collins, a rapper Akua Naru, as brasileiras Conceição Evaristo, Flávia Oliveira, Ana Paula Lisboa, Cidinha da Silva, Preta Rara e muitas outras e outros.

 

Uma das marcas da Flup, a batalha mundial de poesia falada, que está na 6ª edição, neste ano contará apenas com participantes mulheres negras, com competidoras de 14 países. Julio Ludemir destaca o quanto o Slam tem sido a forma pela qual as poetas negras forjam suas artes.

 

“O Slam, que é uma batalha de poesia, têm sido uma plataforma para que, pela primeira vez na história do país, a gente tenha a mulher negra com absoluto destaque. Existe uma geração absolutamente relevante de mulheres negras que ganham todas as batalhas de poesia que a gente tem organizado no Brasil”.

 

Nas noites da Flup, a programação inclui também shows e rodas de dança e música, como a apresentação do cantor Lenine, que faz uma homenagem ao centenário de Jackson do Pandeiro, e grupos de maracatu e coco que seguem em cortejo do MAR até o Largo São Francisco da Prainha, também na região portuária.

 

A festa se encerra no domingo com uma grande ciranda comandada pela cantora, também pernambucana, Lia de Itamaracá. A programação completa, totalmente gratuita, pode ser conferida no site flup.net.br

Últimas notícias
Geral

Cinco estados do Nordeste seguem em alerta por conta de fortes chuvas

O Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia) manteve o aviso de "chuvas intensas" e de perigo durante esta quinta-feira na região que vai do Rio Grande do Norte até Sergipe.

Baixar arquivo
Geral

Justiça mantém prisão de delegados Adriana Belém e Marcos Cipriano

A decisão é do desembargador Joaquim Domingos de Almeida Neto, da 7ª Câmara Criminal do Tribunal de Justiça que, negou os habeas corpus pedidos pela defesa dos dois policiais civis, presos na Operação Calígula, no dia 11 deste mês pelo Ministério Público do Estado do Rio.

Baixar arquivo
Educação

Primeira etapa do Censo Escolar 2022 tem início

Os responsáveis pelas unidades devem colocar as informações no Sistema Educacenso até o dia 1º de agosto. O resultado desta etapa será divulgado no fim do ano.

Baixar arquivo
Esportes

Brasileiro fica com o bronze em prova de atletismo na Espanha

O corredor brasileiro Mikael de Jesus correu a prova de 400m com barreiras no Meeting Ibero-americano na cidade de Huelva, na Espanha. 

Baixar arquivo
Segurança

Estudantes de medicina são suspeitos de fraude para conseguir bolsas

Investigados mentiam condição financeira para acessar políticas destinadas a pessoas de baixa renda, segundo Polícia Federal. Acusados também receberam Auxílio Emergencial sem ter direito.

Baixar arquivo
Cultura

História Hoje: "Drácula", de Bram Stoker, era publicado há 125 anos

Conde Drácula foi inspirado no príncipe romeno Vlad III. O nobre sustentava o título de Dracul, o Filho do Dragão. Ele se tornou muito conhecido por utilizar métodos cruéis contra seus inimigos como mutilações, decapitações e empalamentos. Não poupava nem mulheres, nem crianças.

Baixar arquivo