Conheça a Brasília dos palácios e seus legados culturais

Especial

Publicado em 04/03/2020 - 16:00 Por Victor Ribeiro - Brasília

Brasília é reconhecida, desde a inauguração, pelos traços ousados de alguns de seus principais prédios públicos. Os palácios que recebem os chefes dos Poderes da República ficam em torno da Praça dos Três Poderes, onde mantêm a mesma distância entre si.


Foi a maneira que o arquiteto Oscar Niemeyer encontrou para dizer às futuras gerações que o país precisa de equilíbrio e convivência harmônica entre o Executivo, o Legislativo e o Judiciário.


Além da questão política, Niemeyer já imaginava que os palácios seriam legados culturais para Brasília. Se você reparar, os prédios dos Palácios do Planalto, da Alvorada, da Justiça e o Itamaraty parecem flutuar, assim como o Supremo Tribunal Federal e as cúpulas do Congresso Nacional.


Oscar Niemeyer não abriu mão da beleza quando desenhou os prédios que se tornaram cartões-postais da capital.

 

O Palácio do Planalto, onde fica o gabinete do presidente da República, passou por uma grande reforma no fim da década passada, sob supervisão do próprio Oscar Niemeyer. O objetivo foi reconstituir o ambiente da época da inauguração de Brasília. Uma curiosidade é que, inicialmente, o gabinete do presidente ficava no terceiro andar, de frente para a Praça dos Três Poderes. Depois, mudou para uma sala voltada para os fundos, ainda no terceiro andar.

 

Outra curiosidade é que o pequeno lago que separa o Planalto da Praça dos Três Poderes não só foi construído nos anos 90. E os três salões onde ocorrem as cerimônias ou pronunciamentos oficiais ficam no segundo andar. Foi lá, no salão nobre do Palácio do Planalto, que, em dezembro de 2012, o corpo de Oscar Niemeyer foi velado.


Já o Palácio da Alvorada, onde moram os presidentes, foi um dos primeiros prédios construídos em Brasília, junto com o aeroporto e o Hotel Brasília Palace.

 

O presidente Juscelino Kubistchek queria que outras autoridades vissem àquele grande canteiro de obras do alto, pousassem, visitassem a casa dele e tivessem onde se hospedar.

 

O Brasília Palace é um hotel projetado por Niemeyer e construído sobre pilotis, aquelas colunas que marcam os blocos residenciais das superquadras.


Na frente do Alvorada existe um grande gramado, sem grades. Um espelho d’água separa a rua do jardim da residência oficial que já recebeu 17 presidentes da República. Na entrada, chama a atenção uma parede folheada a ouro. Do lado de dentro, cômodos amplos, para que os presidentes pudessem viver com suas famílias e fazer reuniões de trabalho. Ao lado, uma capela.

 

Nos fundos, uma piscina. E, no subsolo, a garagem.

 

Passou por uma grande reforma em 2004, quando ganhou uma churrasqueira, e por uma outra, menor, em 2017.


 

Últimas notícias
Justiça

Alagoas: Ministério Público realiza operação contra fraude tributária

Uma operação investiga empresas de fachada que emitiram R$ 76 milhões em notas fiscais falsas. Ao todo cinco empresas estão sendo investigadas por fraude fiscal em São Paulo e Alagoas.

Baixar arquivo
Esportes

Libertadores: Atlhetico-PR enfrenta o Estudiantes nesta quinta-feira

Se quiser manter viva a chance de conquistar a Libertadores pela primeira vez e levantar novamente o caneco da Copa do Brasil, o Furacão vai ter que passar por adversários difíceis.

Baixar arquivo
Educação

Superdotação: desafio é identificar pessoas com altas habilidades

O dia 10 de agosto é o dia Mundial da Superdotação. No Brasil, mais de 24 mil crianças foram identificadas como superdotadas. Mas esse número pode ser muito maior.

Baixar arquivo
Cultura

Grande Prêmio do Cinema Brasileiro ocorre nesta quarta-feira

A 21ª edição também marca o retorno da festa presencial, já que em 2020 e no ano passado foi realizada virtualmente por causa da pandemia de covid-19.

Baixar arquivo
Esportes

Começa a etapa regional, de Brasília, das Paralimpíadas Escolares 2022

Etapa nacional das Paralimpíadas Escolares começa dia 23 de novembro, em São Paulo. Os estudantes podem participar de 24 modalidades como basquete em cadeiras de rodas, parabadminton e Golbol.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Santa Catarina: ciclone extratropical deixa estragos em várias cidades

O fenômeno causou rajadas de vento de cerca de 90 quilômetros por hora. Algumas cidades, como a capital Florianópolis, registraram precipitação de quase 200 milímetros nas últimas 24 horas.

Baixar arquivo