14% da população brasileira vive em desertos de notícias

São mais de 2.900 cidades sem veículos locais de informação

Publicado em 23/02/2022 - 13:00 Por Lucas Pordeus Leon - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Estima-se que quase 14% da população brasileira vive em cidades sem jornalismo local, são os chamados desertos de notícias. A pesquisa Atlas da Notícia de 2021 identificou que 5 em cada 10 municípios estão nessa condição. São mais de 2.900 cidades, onde vivem mais de 29 milhões de pessoas, em que não foram encontrados veículos de imprensa local.  

A região norte tem a maior quantidade de desertos de notícias. No município de Feijó, no Acre, a quase 370 km da capital, o radialista Romennig Albuquerque decidiu lançar uma página de notícias em 2017.

A dificuldade de financiamentos e a falta de profissionais da área nos municípios mais afastados dos grandes centros são os obstáculos mais comuns encontrados para se fazer jornalismo em cidades pequenas

A pesquisadora responsável pelo levantamento dos veículos na região norte, Jéssica Botelho, destacou a importância do jornalismo local para as populações que vivem distante das grandes cidades.

O Atlas da Notícia é um levantamento realizado pelo Instituto para o Desenvolvimento do Jornalismo (ProJor) em parceria com pesquisadores voluntários com objetivo de mapear o jornalismo local no Brasil.

Edição: Sheily Noleto / GT Passos

Últimas notícias
Política

Senado aprova PEC que criminaliza posse e porte de drogas

O texto inclui no artigo 5º da Constituição que será crime a posse e o porte de droga sem autorização independente da quantidade. 

Baixar arquivo
Política

Lewandowski defende veto parcial à lei que proíbe a chamada saidinha

Para o ministro da Justiça, Ricardo Lewandowski, o veto do presidente Lula a pontos da lei que restringe as saídas temporárias de detentos, conhecidas como saidinhas, foi em defesa da família.

Baixar arquivo
Internacional

Israel continua a dificultar assistência em Gaza, acusa ONU

ONU também pede que seja facilitada a saída de crianças feridas que precisam de tratamento. E mais: incêndio atinge prédio histórico em Copenhague. E Estados Unidos fornecem informações sobre Julian Assange à justiça do Reino Unido.

Baixar arquivo
Geral

Inmet emite alerta laranja de perigo para chuvas intensas

Aviso laranja de perigo pra chuvas intensas inclui ventos fortes, risco de corte de energia elétrica, queda de galhos de árvores, alagamentos e  descargas elétricas.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

“Quem tem fome, tem urgência”, afirma Joenia Wapichana

Em entrevista, a presidente da Funai falou da distribuição de cestas de alimentos para povos indígenas e de kits de ferramentas, para o desenvolvimento da agricultura. Também destacou a importância da demarcação das terras indígenas e o acesso à documentação civil. 

Baixar arquivo
Geral

Mais de 20 instituições federais de ensino estão em greve

Sindicato Nacional dos Docentes das Instituições de Ensino Superior recusou a proposta do governo de reajuste de 4,5% no ano que vem e também em 2026. Mas sem reajuste para 2024.

Baixar arquivo