Há 100 anos era criada a Rádio Sociedade, que se tornaria Rádio MEC

Sonhada por Roquette-Pinto, foi a primeira emissora de rádio do país

Publicado em 20/04/2023 - 06:55 Por Solimar Luz - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro
Atualizado em 20/04/2023 - 11:15

O ano era 1923. A cidade do Rio de Janeiro respirava novos ares e o sonho de um homem, o educador Edgard Roquette-Pinto, tornava-se realidade. Entusiasta do progresso tecnológico, ele reuniu a sociedade, cientistas, acadêmicos do Museu Nacional e da Academia Brasileira de Ciências, em torno de um ideal: democratizar a informação.

Assim, em 20 de abril de 1923, era assinada a ata de criação da Rádio Sociedade do Rio de Janeiro, hoje, Rádio MEC. Alguns meses antes, em 7 de setembro de 1922, Roquette-Pinto já havia participado da primeira transmissão oficial de rádio do país, mas o sinal chegou apenas para alguns receptores instalados em poucas cidades.

Com a criação da Rádio Sociedade, o veículo começava a cumprir o seu papel de levar informação e entretenimento para os lares brasileiros. Thiago Regotto, gerente-executivo das rádios da Empresa Brasil de Comunicação, destaca a importância histórica da emissora: com programação educativa e cultural diversificada e plural, a Rádio MEC chega aos 100 anos, cumprindo os princípios da comunicação pública, assegurada pela Constituição Federal:

"A gente tem essa primeira emissora, fundada pela sociedade, por um clube de ouvintes. Então, a participação da sociedade, uma programação educativa e cultural para formação... tudo que hoje nós temos de princípios para uma boa emissora pública, isso foi feito com Edgard Roquette-Pinto, criando a Rádio Sociedade do Rio de Janeiro, depois doando ela, em 1936, para o Ministério da Educação e a rádio está desde 2007 sendo gerida pela Empresa Brasil de Comunicação".

E é esse conceito de comunicação, voltada para os interesses da sociedade, com respeito ao cidadão, que faz o coração da artista plástica Elizabeth Salles bater mais forte. Ela conta que a história da Rádio MEC AM se confunde com sua história de vida:

"É uma coisa assim meio que de alma, né? Eu sinto muito acolhida pela rádio e eu agradeço muito tantas inspirações. Eu agradeço muito tanta companhia. Por ter um apresentador falando, ter uma repórter dando uma notícia. (Não) tem dinheiro no mundo que pague isso".

E como ela, são muitos os ouvintes apaixonados. Em 1983, a MEC passou a ter uma irmã transmitida em frequência FM, dedicada à música de concerto e ao jazz.  Sérgio Maia trabalha como motorista de aplicativo e, enquanto dirige, está sempre ligado na MEC FM, sua companheira de décadas:

"Eu ouço diariamente. É um tipo de música que eu gosto de ouvir. Eu gosto muito de música com qualidade, que tenha esse aspecto de arte, né?"

A professora, pianista e radialista Helena Theodoro, também tem sua história entrelaçada às ondas da Rádio MEC. Sua passagem pela emissora começou quando tinha apenas 15 anos de idade, e é marcada por programas como Samba na Palma da Mão, Faixa Autoral, Origens e pelo Projeto Minerva. Entusiasta da comunicação pública, Helena destaca o compromisso da radiodifusão com a sociedade:

"A rádio pública não tem nome. Ela é de todos. Ela não vai ser uma rádio que vai te levar para uma dada religião, vai te levar para um dado partido. Ela tem que ser diversa. Ser plural. Ela tem que ser democrática".

Ao completar 100 anos, em meio aos avanços tecnológicos, a Rádio MEC cumpre seu papel de estar ao lado do ouvinte, sempre atenta aos interesses e necessidades do cidadão. Para ouvir, basta procurar no dial 800 da AM e 99,3 da FM, no Rio de Janeiro, e em 87,1 na FM em Belo Horizonte e Brasília. A transmissão ao vivo também é feita pelo site radios.ebc.com.br e os conteúdos podem ser encontrados ainda nas principais plataformas digitais.

 

*atualizada às 11h15 do dia 20 de abril de 2023, para correção de informações: ao invés de falar que Edgard Roquette-Pinto foi o responsável pela primeira transmissão oficial de rádio do país, alteramos a informação para que ele participou desta primeira transmissão. Também foi corrigido o cargo do entrevistado Thiago Regotto, que é gerente-executivo das rádios da EBC, e não gerente da Rádio MEC.

Edição: Tâmara Freire / Nathália Mendes

Últimas notícias
Cultura

Estreia hoje (1) a Mostra Internacional de Teatro de São Paulo

Espetáculos de diferentes nacionalidades, sotaques e linguagens entram em cena para lançar novos olhares sobre questões como memória, racismo, transfobia e migração. Artistas da Coreia do Sul, do Líbano, da Costa do Martim, e também do Ceará, de Alagoas, de Santa Catarina se encontram e misturam teatro, dança e música para refletir sobre o próprio tempo

Baixar arquivo
Geral

PRF inicia operação de segurança nas rodovias

Serão intensificadas ações de policiamento, fiscalização e educação para o trânsito, visando diminuir a violência nas estradas federais do país. 

Baixar arquivo
Geral

Estado de São Paulo promove Dia D Contra a Dengue nesta sexta (1)

As ações estão sendo realizadas em escolas e casas. O slogan da campanha desse dia D é: “A água mais mortal pode estar no seu quintal”

Baixar arquivo
Saúde

Rio de Janeiro registra primeiro caso de febre oropouche

O paciente tem histórico de viagem para o Amazonas, que vive um expressivo aumento do número de casos desde o início do ano. 

Baixar arquivo
Geral

Março tem previsão de chuvas abaixo da média na maior parte do país

Das cinco regiões, somente a Sudeste deve ter chuvas acima da média, segundo o Inmet. Já as temperaturas devem ficar altas em praticamente todo o país, com valores acima de 25ºC

Baixar arquivo
Saúde

Brasil ultrapassa a marca de um milhão de casos de dengue

Número recorde de casos foi registrado apenas nos dois primeiros meses do ano. A estimativa para 2024 é de quatro milhões de casos. Amanhã acontece o Dia D de Mobilização Nacional Contra a Dengue em todo o país

Baixar arquivo