A história de uma serpente vodum dá 3º título do carnaval à Viradouro

Publicado em 14/02/2024 - 22:41 Por Fabiana Sampaio - repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

A história de uma serpente vodum da antiga  região da Costa da Mina, na África, atual Benim, encantou a Marquês de Sapucaí e garantiu o terceiro título da Unidos do Viradouro no Carnaval Carioca. A conquista veio nos quesitos finais da apuração nesta quarta-feira (14). A  agremiação se descolou da vice-campeã, Imperatriz Leopoldinense, e venceu por sete décimos de diferença.

Com o enredo “Arroboboi Dangbé”, a escola da região metropolitana de Niterói, trouxe para a avenida a crença vodum de povos africanos que chegou ao Brasil pela liderança sacerdotisa Ludovina Pessoa, pilar de terreiros na Bahia.

Na comissão de frente a representação de um poderoso exército de mulheres negras preparado por sacerdotisas voduns. A comissão abriu o desfile com uma cobra rastejando na avenida.

A missão do desfile, segundo o carnavalesco Tarcisio  Zanon,  foi desmistificar o culto aos voduns. Zanon passou toda a apuração agarrado a patuás. Esse é o seu segundo título na escola niteroiense.

Antes da apuração começar, agremiações entraram com recurso na Liesa, organizadora dos desfiles do Grupo Especial, contra a Viradouro por descumprimento da regra de manter, no máximo, 15 componentes aparentes na comissão, que prevê punição de meio ponto. Os recursos ainda serão analisados pela Liesa. A Viradouro no entanto ganhou o título com uma diferença de sete décimos para a segunda colocada.

Além da Viradouro e da vice-campeã, Imperatriz Leopoldinense, também desfilam no próximo sábado (17), Grande Rio, Salgueiro, Portela e Vila Isabel. A Porto da Pedra foi rebaixada para a Série Ouro.

Edição: Jacson Segundo / Pollyane Marques

Últimas notícias
Eleições 2020

Barco com corpos à deriva é encontrado no litoral do Pará

O inquérito está sob a responsabilidade da Polícia Federal no Pará que enviou equipes para a região.  

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Ministério da Saúde inicia Mês de Vacinação dos Povos Indígenas

O Ministério da Saúde inicia neste sábado, 13, o mês de vacinação dos povos indígenas. A proposta é intensificar a imunização em territórios indígenas, ampliando a cobertura vacinal, sobretudo em áreas de difícil acesso.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Ministério dos Esportes condena atos de racismo a alunos do DF

O Ministério dos Esportes condenou, neste sábado, os ataques racistas sofridos por estudantes no Distrito Federal. Alunos foram chamados de “macaco”, “filho de empregada” e “pobrinho” durante uma partida de futebol de salão entre colégios de Brasília. O caso aconteceu em três de abril e veio à tona, nesta semana.

Baixar arquivo
Internacional

Lula visitará Colômbia para fortalecer laços comerciais

A Colômbia é o terceiro maior parceiro comercial do Brasil, atrás apenas dos Estados Unidos e da China.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Governo garante amparo a gestantes em cargos públicos provisórios

Mulheres que trabalham na administração pública em cargo em comissão ou são contratadas por tempo determinado têm garantido o direito à licença-maternidade e à estabilidade provisória.

Baixar arquivo
Geral

Inmet alerta para risco de chuvas intensas pelo Brasil

A previsão é de acumulados de chuva variando entre 30 e 60 milímetros por hora ou entre 50 e 100 milímetros por dia,

Baixar arquivo