Presidente da Comissão Nacional defende revisão da Lei de Anistia

Publicado em 29/08/2014 - 08:49 Por Pollyane Marques - Brasília

A Lei de Anistia precisa ser revisada, é o que afirma o presidente da Comissão Nacional da Anistia, Paulo Abrão. Na avaliação dele, deve ser modificado o texto que considera anistiados os perseguidos políticos e os exilados do regime militar e que também isenta de culpa os agentes do Estado que cometeram crimes de tortura e assassinato durante o período. O presidente da Comissão Nacional da Anistia acredita que só assim será possível julgar os agentes do estado, para que crimes semelhantes não aconteçam no futuro.

 

A mesma opinião é compartilhada por João Vicente Goulart, filho do ex-presidente João Goulart, que morreu exilado na Argentina em 1976. João Vicente afirma que a demora da criação da lei fez com que muitas pessoas, como o pai dele, não pudessem ser beneficiadas.

 

As declarações foram feitas durante o lançamento do documentário “500 – os bebês roubados pela ditadura Argentina”. A produção, exibida para marcar os 35 anos da Lei da Anistia no Brasil, mostra a luta das Avós da Praça de Maio para reencontrar seus netos nascidos em prisões clandestinas, quando as filhas foram presas ou sequestradas durante a ditadura militar daquele país. Para localizar os bebês, as avós criaram um banco de sangue que já permitiu a localização de 115 dessas 500 crianças. A última pessoa localizada foi encontrada nesta semana na Holanda. Os generais responsáveis pelo rapto dos bebês foram condenados na Argentina por crimes contra a humanidade.

Últimas notícias
Geral

Distrito Federal abre abrigo provisório depois de recorde de frio

Por enquanto, são 100 vagas a serem preenchidas por ordem de chegada, para pernoite, das 20h até as 8h, no Ginásio do Centro Integrado de Educação Física, na quadra 907 Sul, região central da capital federal.

Baixar arquivo
Geral

Divulgada a lista de aprovados do concurso para o Censo 2022, do IBGE

Agora a próxima etapa será a de convocação e depois os aprovados serão chamados pelo IBGE para realizar treinamento.

Baixar arquivo
Economia

Equipe econômica aumenta previsão de alta para a inflação deste ano

De acordo com o Relatório de Receitas e Despesas do segundo bimestre, a inflação que, na previsão anterior, encerraria o ano em 6,5%, agora deve chegar a 7,9%, mais que o dobro do centro da meta de inflação anunciada para este ano, que seria de 3,5%. Já a previsão da taxa Selic subiu de 11,6% ao ano para 12,2%.

Baixar arquivo
Saúde

Brasileiro é o 1º caso de varíola dos macacos registrado na Alemanha

O rapaz, de 26 anos, viajou também para Portugal e Espanha antes de chegar a Alemanha. Ele estava há uma semana em Munique, cidade ao sul do país. A informação foi divulgada pelo Instituto de Microbiologia de Bundeswehr, ligado às forças armadas alemãs.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Agricultura lança campanha de promoção do produto orgânico

A campanha tem como objetivo detalhar os mecanismos de controle da qualidade orgânica que são utilizados no Brasil. Ou seja, ajudar o consumidor a identificar se determinado produto no mercado é orgânico e também a reconhecer as fraudes.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Frio começa a perder força na área central do país

O deslocamento de uma frente fria sobre o litoral da Bahia, associada a alta convergência de umidade vinda do Oceano Atlântico, vai favorecer a ocorrência de fortes chuvas no norte da região Nordeste.

Baixar arquivo