Seminário sobre autismo vai discutir temas como sexualidade, mercado de trabalho e autonomia

Inclusão

Publicado em 18/09/2017 - 09:42 Por Kariane Costa - Brasília

Começa nesta terça-feira (19), no Centro de Convenções, o II Seminário Nacional sobre Autismo. Organizado pelo Movimento Orgulho Autista Brasil, o evento espera reunir, até o próximo sábado (23), 50 mil pessoas.

 

Na programação, debates e rodas de conversa sobre independência, educação, relacionamento, comunicação e mercado de trabalho. A diretora do movimento, Viviani Guimarães, conta que um dos temas que deve atrair atenção é como a família deve abordar a sexualidade com os adolescentes.


Sonora: “A gente acha que o deficiente não tem relações sexuais. Mas ele têm relacionamento como qualquer outro de nós.”


O transtorno do espectro autista é uma condição permanente. A criança nasce com a deficiência e os sintomas costumam aparecer antes dos 3 anos de idade. A bancária Andrea Freitas fala como percebeu os primeiros sinais do filho de Álvaro Rocha de Oliveira, hoje com 8 anos.


Sonora: “Ele demorou muito a falar e só apontava para os objetos e mostrava tudo por sinais.”

 

Andrea diz ainda que, no início, ficou muita angustiada com o diagnóstico do filho, mas que hoje está otimista com o futuro dele.

 

Sonora: “É bem difícil a gente aceitar, de primeiro, o diagnóstico. Mas, hoje em dia, é mais fácil, porque a internet facilita para pesquisar e vê que tem muitas alternativas de tratamento. A gente tem esperança que no futuro ele venha a ter uma atividade maior.”

 

Pessoas com autismo sofrem com estigma, discriminação e violações dos direitos humanos. A diretora Viviani reconhece que houve avanços, mas diz que ainda é preciso que a sociedade valorize o autista por quem ele é.


Sonora: “A gente já está ouvindo falar mais sobre o autismo, sabe quais são as características do autismo. Mas a gente precisa evoluir, para eles estarem participando de todo o processo.”

 

A Organização Mundial da Saúde (OMS) calcula que o autismo afeta uma em cada 160 crianças no mundo. O II Seminário Nacional sobre Autismo vai até o próximo sábado (23), a entrada é de graça, e, apesar de as inscrições estarem encerradas, a diretora do evento afirmou que o público pode comparecer porque sempre há desistências em cima da hora,  abrindo assim, novas vagas. Mais informações sobre o evento por meio do e-mail moaborgulhoautista@gmail.com


 

Últimas notícias
Justiça

Alagoas: Ministério Público realiza operação contra fraude tributária

Uma operação investiga empresas de fachada que emitiram R$ 76 milhões em notas fiscais falsas. Ao todo cinco empresas estão sendo investigadas por fraude fiscal em São Paulo e Alagoas.

Baixar arquivo
Esportes

Libertadores: Atlhetico-PR enfrenta o Estudiantes nesta quinta-feira

Se quiser manter viva a chance de conquistar a Libertadores pela primeira vez e levantar novamente o caneco da Copa do Brasil, o Furacão vai ter que passar por adversários difíceis.

Baixar arquivo
Educação

Superdotação: desafio é identificar pessoas com altas habilidades

O dia 10 de agosto é o dia Mundial da Superdotação. No Brasil, mais de 24 mil crianças foram identificadas como superdotadas. Mas esse número pode ser muito maior.

Baixar arquivo
Cultura

Grande Prêmio do Cinema Brasileiro ocorre nesta quarta-feira

A 21ª edição também marca o retorno da festa presencial, já que em 2020 e no ano passado foi realizada virtualmente por causa da pandemia de covid-19.

Baixar arquivo
Esportes

Começa a etapa regional, de Brasília, das Paralimpíadas Escolares 2022

Etapa nacional das Paralimpíadas Escolares começa dia 23 de novembro, em São Paulo. Os estudantes podem participar de 24 modalidades como basquete em cadeiras de rodas, parabadminton e Golbol.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Santa Catarina: ciclone extratropical deixa estragos em várias cidades

O fenômeno causou rajadas de vento de cerca de 90 quilômetros por hora. Algumas cidades, como a capital Florianópolis, registraram precipitação de quase 200 milímetros nas últimas 24 horas.

Baixar arquivo