Pesquisa do IBGE mostra piora no acesso a alimentos e aumento da fome

Estudo revelou queda no nível de segurança alimentar no biênio 2017/18

Publicado em 17/09/2020 - 16:01 Por Lígia Souto - Rio de Janeiro

Quase 85 milhões de brasileiros apresentaram algum grau de insegurança alimentar no biênio 2017-2018. Isso significa que, no período, mais de um terço de toda a população, estimada em 207 milhões de pessoas, manifestou incerteza ou preocupação quanto ao acesso aos alimentos. Os números fazem parte da Pesquisa de Orçamentos Familiares, divulgada nesta quinta-feira pelo IBGE.

Desde 2004, início da série histórica do levantamento, essa foi a primeira vez que houve queda nos níveis de segurança alimentar no Brasil.

Segundo o gerente da Pesquisa de Orçamentos Familiares do IBGE, André Martins, a redução está relacionada, entre outros motivos, à crise econômica pela qual passava o país. Martins detalha que, após um período de melhora, houve redução na segurança alimentar, revelada na pesquisa mais recente.

Ainda de acordo com a pesquisa, a fome voltou a crescer no Brasil, atingindo mais de 10 milhões de pessoas no biênio analisado. Ou seja, quase 5% da população vivia em domicílios com privação severa no acesso aos alimentos.

Para identificar o número de pessoas em situação de insegurança alimentar grave, caracterizada pelo consumo insuficiente de alimentos, o IBGE consultou quase 58 mil domicílios entre junho de 2017 e julho de 2018.

O levantamento revela desigualdade entre as regiões no que se refere à segurança alimentar. A situação mais grave é a do Norte, onde apenas 43% dos domicílios tinham acesso garantido a alimento.

No Nordeste, a situação era um pouco melhor, mas ainda assim não chegava à metade das residências, ficando em 49,7%. A Região Sul, por sua vez, apresentava os melhores porcentuais, com 79,3%, seguida da Sudeste e Centro-Oeste.

 

 

Edição: Lana Cristina

Últimas notícias
Direitos Humanos

Entrega voluntária de crianças para adoção é legal há cinco anos

Lei 13.509/2017 dá a possibilidade à gestante, ou mãe, de entregar seu filho, ou recém nascido, para adoção em um procedimento assistido pela Justiça da Infância e da Juventude.

Baixar arquivo
Geral

Cidadãos ainda não sentem diferença no preço dos combustíveis em SP

No segundo dia após a decisão do governo estadual, o consumidor ainda não sentiu os efeitos da redução do ICMS nos postos de combustíveis.

Baixar arquivo
Política

PEC dos Combustíveis: relatório será lido nesta terça-feira (28)

O Relator da PEC dos Combustíveis no Senado, Fernando Bezerra Coelho (MDB-PE) adiou para o fim da tarde desta terça-feira (28) a apresentação do parecer da proposta.

Baixar arquivo
Segurança

Três mulheres morrem por dia no Brasil por feminicídio

Dados do Anuário Brasileiro de Segurança Pública mostram que ano passado, cerca de 1.340 mulheres morreram por serem mulheres, enquanto em 2020 o número de vítimas foi pouco mais de 1.350.

Baixar arquivo
Economia

Confiança do comércio tem maior nível desde março de 2020, diz CNC

Índice subiu 5,1% de maio para junho deste ano e atingiu 122,4 pontos.

Baixar arquivo
Geral

Rio: incêndio na comunidade Kelsons's deixa 16 casas destruídas

Nenhuma pessoa ficou ferida, mas a maior parte das famílias perdeu todos os bens. De acordo com o Corpo de Bombeiros, o fogo começou por volta das 22h, em um galpão onde funcionava um ferro velho.

Baixar arquivo