Choques e comida azeda: resgatados em vinícolas falam de maus-tratos

Trabalhadores baianos viveram em situação análoga à escravidão

Publicado em 01/03/2023 - 11:33 Por Lise Lobo - Repórter da Rádio Educadora de Salvador - Salvador

Trabalhadores baianos encontrados em situação análoga à escravidão no Rio Grande do Sul chegaram à Bahia. Eles foram acolhidos pelo governo do estado e pela Defensoria Pública. Uma das vítimas disse que maus-tratos, jornada de trabalho extensa, alimentação estragada e violência faziam parte da rotina. 

"A gente trabalhando, e eles falavam: 'vocês vão começar a trabalhar 4h até 22h. E que se vocês não conseguirem trabalhar, a hora vai render mais ainda. Vai ser pior pra vocês. (Falavam) bem assim com a gente. A gente trabalhando, daqui a pouco eles vinham com a comida e era comida azeda. E quando a gente falava alguma coisa, que que o café não dava para a gente, para a gente trabalhar, um (deles) vinha com uma arma de choque querendo dar choque na gente".

O grupo resgatado foi contratado por uma empresa terceirizada que oferecia os serviços dos trabalhadores às vinícolas de Bento Gonçalves. Nesta segunda-feira (27), 54 dos 197 trabalhadores baianos que foram expostos à atividades análogas à escravidão foram recebidos na sede da Defensoria Pública do estado, no bairro do Canela, em Salvador, e em estruturas dos municípios de Lauro de Freitas, Serrinha e Feira de Santana. Agora, está sendo feita uma ação articulada para acolher essas pessoas, como explica a defensora pública Cristina Ulm.

"Nós queremos fazer esse acolhimento, juntamente com os outros órgãos que estão aqui envolvidos nessa força-tarefa. Nós vamos identificar as demandas dos assistidos. Identificar essas vulnerabilidade deles. Seja em ações de saúde, seja nas questões de documentação que eles podem estar com dificuldade, ou terem perdido nessa situação, né? De ter se extraviado. E seja também nessa articulação junto com a SJDH - que eu acredito muito que, a gente trabalhando interligados, a gente pode beneficiar melhor o nosso assistido".

A ação foi coordenada pela Secretaria de Justiça e Direitos Humanos do Estado, em conjunto com autoridades federais e municipais para garantir acesso à cuidados de saúde e à segurança dos trabalhadores.

A recolocação deles no mercado de trabalho e ações preventivas também serão desenvolvidas, de acordo com o secretário de Justiça e Direitos Humanos da Bahia, Felipe Freitas. 

"É uma iniciativa, junto à Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda, para que a gente possa recolocar essas pessoas no mercado de trabalho em condições de trabalho decente. Paralelamente à essas iniciativas, nós vamos reunir a Comissão Estadual pela Erradicação do Trabalho Escravo e nós vamos discutir com o Ministério Público Federal, Polícia Federal, Ministério dos Direitos Humanos, uma iniciativa, uma concertação nacional para que nós possamos desmontar essa rede de aliciadores. E o mais importante: desenvolver medidas preventivas para que casos como esse não voltem a acontecer".

Edição: Rádio Nacional / Nathália Mendes

Últimas notícias
Educação

MEC divulga lista dos pré-selecionados na segunda chamada do Prouni

O Ministério da Educação (MEC) divulgou neste sábado (2) a lista dos candidatos pré-selecionados na segunda chamada do Programa Universidade para Todos (Prouni) de 2024. A lista está disponível no Portal Único de Acesso ao Ensino Superior.

Baixar arquivo
Economia

Zona Franca de Manaus terá R$1,2 bilhão em investimentos

A Zona Franca de Manaus vai receber mais de R$1 bilhão em investimentos. Esse montante é referente a 33 projetos que foram aprovados na última reunião do Conselho de Administração da Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa), liderada pelo presidente da República em exercício, Geraldo Alckmin.

Baixar arquivo
Economia

Mutirão do Desenrola Brasil reunirá mais de 700 empresas

Mais de 700 empresas participarão do mutirão de negociação de dívidas do programa Desenrola Brasil, que começa nesta segunda-feira (4). A iniciativa vai permitir que muita gente tenha mais facilidade para pagar seus débitos com bancos, financeiras, lojas varejistas, operadoras de telefonia, concessionárias de água e energia, e outros empreendimentos.

Baixar arquivo
Internacional

Estudo sugere que Brasil diversifique parcerias no setor de defesa

Um estudo do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) sugere que o Brasil reduza o peso dos Estados Unidos no setor de defesa e aumente parcerias com outras potências.

Baixar arquivo
Saúde

Dia D mobiliza o país contra focos do mosquito transmissor da dengue

Hoje (2) é o Dia D de mobilização contra a dengue em todo o país. O mutirão nacional, realizado pelo Ministério da Saúde, reúne as três esferas de governo, e chama toda a população para reforçar as ações de prevenção e eliminação dos focos do mosquito transmissor da doença.

Baixar arquivo
Geral

Mega Sena sorteia R$185 milhões neste sábado

Ainda dá tempo de fazer uma “fezinha” e tentar faturar o prêmio de R$185 milhões da Mega Sena, que acumulou mais uma vez nesta semana.

Baixar arquivo