Justiça autoriza leilão de ativos da Avianca Brasil

Avianca

Publicado em 17/06/2019 - 22:05 Por Victor Ribeiro - Brasília

A Justiça Estadual de São Paulo autorizou, nesta segunda-feira (17), o leilão de sete unidades produtivas isoladas da Avianca Brasil. É como se fossem sete diferentes empresas.

 

Dessas unidades, uma é do programa de fidelidade Amigo e seis são companhias aéreas, que, na prática correspondem aos chamados slots - as autorizações de pousos e decolagens em aeroportos brasileiros.

 

A expectativa do Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA) é que a empresa use o recurso do leilão para saldar as dívidas trabalhistas. Nas contas do sindicato, só em salários atrasados, a Avianca deve cerca de R$ 80 milhões, mais as verbas rescisórias das demissões.

 

O problema é que a Avianca precisaria formalizar na Agência Nacional de Aviação Civil (anac), essa divisão em sete empresas menores, como alertou o presidente do Sindicato dos Aeronautas, Ondino Dutra.

 

Esse leilão faz parte do processo de recuperação judicial da companhia aérea e estava suspenso desde o dia 5 de maio. Nesta segunda, foi autorizado pela Segunda Câmara Reservada de Direito Empresarial do Tribunal de Justiça de São Paulo.

 

O colegiado julgou um recurso e, por 2 votos a 1, derrubou a liminar concedida pelo desembargador Ricardo Negrão. Para os desembargadores Sérgio Shimura e Mauricio Pessoa, esse leilão da Avianca é possível e necessário ao plano de recuperação judicial.

 

A decisão sobre o leilão, no entanto, não encerra a disputa nos tribunais. Isso porque a própria recuperação judicial da Avianca, homologada pela 1ª Vara de Falências do TJ paulista, também é alvo de questionamentos que aguardam parecer do Ministério Público.

 

Esses recursos também serão julgados pela 2ª Câmara de Direito Empresarial.

 

A produção da Rádio Nacional entrou em contato com a Avianca Brasil, mas a companhia aérea ainda não se manifestou.

Últimas notícias
Meio Ambiente

Fórum de Cidades Amazônicas discute resiliência urbana

A cidade de Belém recebe nesta terça-feira a reunião anual do Fórum de Cidades Amazônicas, que reúne representantes das prefeituras dos municípios que estão dentro do bioma em toda a América Latina.  

Baixar arquivo
Educação

Senado: Comissão de Educação debate novo ensino médio

Serão realizadas duas audiências públicas nesta semana sobre o tema. O texto, já aprovado pela Câmara, precisa ser votado na comissão antes de seguir para o plenário.

Baixar arquivo
Geral

Motoristas profissionais devem fazer toxicológico até dia 30

Termina em 30 de abril o prazo para realização do exame toxicológico dos condutores de veículos das categorias C, D e E, que são os motoristas profissionais.

Baixar arquivo
Geral

PCC é alvo de operação do MP de SP no combate a fraudes em licitações

A área de atuação dessa quadrilha englobava cidades do interior, da grande São Paulo e do litoral.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

PM e famílias negociam ocupação de prédio no bairro Mandaqui, em SP

A polícia militar e as famílias que estão em uma ocupação no bairro do Mandaqui, na zona norte da cidade, seguem negociando a desocupação do local.

Baixar arquivo
Geral

Assassino de Ari Uru-Eu-Wau-Wau é condenado a 18 anos de prisão

O comerciante João Carlos da Silva foi condenado, inicialmente em regime fechado, pelo crime de homicídio duplamente qualificado cometido contra o professor e líder indígena Ari Uru-Eu-Wau-Wau, ocorrido em abril de 2020.

Baixar arquivo