Brasil já enfrenta falta de tecido de algodão e malharia

Retomada das confecções no mundo impactou indústria brasileira

Publicado em 17/09/2020 - 15:24 Por Vanessa Casalino - São Paulo

Dificuldades em encontrar tecido de algodão e malharia na indústria brasileira. Uma realidade relatada pela empresária Adriana Restum. Ela faz parte de um grupo que reúne mais de seis marcas de vestuário. Todas elas usam muito algodão na fabricação de roupas.

A falta da fibra tem atrapalhado a retomada da produção agora que muita gente está voltando ao trabalho, com a flexibilização da quarentena.

O que está acontecendo agora com o algodão é mais ou menos o mesmo que aconteceu com o arroz. O Brasil é o segundo maior produtor mundial da fibra. Mas, com a retomada das confecções no mundo todo, a procura aumentou e de uma vez só. Resultado: uma alta de preços no mercado internacional.

Aí, o produtor brasileiro preferiu vender para outros países, em dólar, do que comercializar a fibra por aqui. Com menos algodão no mercado e com a retomada do consumo de vestuário, o economista Luís Alberto Paiva já fala em aumento de preços.

Já a Associação Brasileira da Indústria Têxtil avalia que a cotação do algodão deve voltar logo para um patamar de equilíbrio. O presidente da Abit, Fernando Pimentel, afirma que isso vai acontecer antes que preços mais altos cheguem ao consumidor.

Passado o período de maior restrição da pandemia, a retomada da atividade no setor têxtil e de vestuário já é sentida pelos números do IBGE. A produção de têxteis cresceu mais de 26% de julho para junho. E a confecção de vestuário e acessórios aumentou quase 30% no mesmo período.

 

 

Edição: Lana Cristina

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Esportes

Brasil vence Peru por 4 a 0

O Brasil ganhou do Peru por 4 a 0, nesta quinta-feira (17), pela Copa América. Já a Colômbia e a Venezuela empataram em 0 a 0.

Confira as notícias do futebol com Bruno Mendes.

Baixar arquivo
Justiça

STF proíbe manutenção de empregos de aposentados em estatais após 2019

O plenário do Supremo Tribunal Federal decidiu que o vínculo empregatício de funcionários de empresas estatais deixa de existir para todos os que se aposentaram depois da reforma da previdência de 2019.

Baixar arquivo
Política

Bolsonaro pede a supermercadistas que não aumentem a cesta básica

Durante encontro com empresários, no Rio de Janeiro, o presidente da Republica, Jair Bolsonaro, fez um apelo ao setor supermercadista para que segurem os preços da cesta básica. Os empresários entregaram uma carta com pedidos de avanço da vacinação e prorrogação do auxílio emergencial

Baixar arquivo
Saúde

Com aumento de casos de covid, Araraquara vai adotar novo lockdown

Com crescimento de casos de coronavírus, Araraquara vai adotar novo lockdown. A decisão foi tomada nessa quinta-feira depois da cidade registrar pelo terceiro dia consecutivo mais de 20% de testes positivos nas amostras colhidas de pessoas com sintomas e assintomáticas.

Baixar arquivo
Saúde

Governo do DF vai flexibilizar medidas de combate à covid-19

O governo do Distrito Federal vai publicar nesta sexta-feira novo decreto flexibilizando medidas de combate à covid-19. Com isso, pessoas do grupo de risco vacinadas devem voltar ao trabalho 30 dias após o recebimento da segunda dose da vacina ou da dose única.

Baixar arquivo
Saúde

Fiocruz: Média móvel ultrapassa 2 mil mortes diárias por covid-19

A média móvel de mortes diárias por covid-19 voltou a ser superior a 2 mil nesta quarta-feira, de acordo a ferramenta Monitora Covid-19 da Fiocruz. Esse patamar não era alcançado desde 10 de maio, e mantém um movimento ascendente a partir do dia 6 de junho.

Baixar arquivo