Trabalhadores são encontrados em condição de escravidão no Pará

Publicado em 09/12/2020 - 20:05 Por Daniel Ito - Brasília

Vinte e um trabalhadores foram encontrados no Pará em condições semelhantes à escravidão.

Segundo o Ministério Público do Trabalho, responsável pela fiscalização, o grupo estava em uma propriedade na zona rural de Rondon do Pará, no sudeste do estado.

No local, atuam duas empresas terceirizadas: a construtora Concel e a fábrica de compensados Paraforest, que empregavam os trabalhadores em condições degradantes.

As duas empresas firmaram um Termo de Ajuste de Conduta com o Ministério Público do Trabalho, em que se comprometeram a não mais manter pessoas em condições semelhantes à de escravos, e também a garantir todos os direitos dos trabalhadores por meio da assinatura da carteira de trabalho. As empresas autuadas ainda terão que pagar indenizações aos trabalhadores por danos morais individuais, que totalizam cerca de R$ 170 mil.

 

Edição: Ana Pimenta

Últimas notícias
Saúde

Bahia exige comprovante de vacinação em serviços de atendimento

A medida, publicada no Diário Oficial , exige que cada pessoa no estado que precise dos serviços do SAC, Detran e SineBahia apresente o cartão de vacinação devidamente preenchido ou baixe o aplicativo ConecteSUS, onde é possível ter acesso a um certificado digital de imunização contra Covid-19.

Baixar arquivo
Cultura

No Dia do Samba, conheça a história e ícones do samba da Bahia

Resultado de influências de povos africanos de diferentes regiões que vieram para o Brasil, o samba adquiriu várias vertentes: saiba mais sobre o chamado "samba da Bahia".

Baixar arquivo
Economia

Varejo paulista estima faturar R$ 91 bilhões em vendas em dezembro

São quatro bilhões a mais do que foi registrado em 2020; aumento deve vir por causa do pagamento do 13º salário e por conta da maior circulação de consumidores.

Baixar arquivo
Saúde

TCU recomenda que governo exija cartão de vacinação para estrangeiros

A decisão do TCU sobre o passaporte da vacina é semelhante à da Anvisa, que também pediu cobrança de prova de vacinação para estrangeiros em visita ao Brasil.

Baixar arquivo
Saúde

Rio amplia exigência de certificado de vacinação contra a covid-19

Lanchonetes, bares, restaurantes, salões de beleza, shoppings centers e centros comerciais terão que exigir dos consumidores a apresentação do comprovante da vacina.

Baixar arquivo