Conta de luz terá bandeira amarela em março

Apesar das chuvas intensas, nível dos reservatórios ainda é baixo

Publicado em 27/02/2021 - 17:44 Por Dayana Vitor - Brasília

Os brasileiros terão que pagar R$1,34 para cada 100 quilowatts hora de energia elétrica em março. Isso porque a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) estipulou a bandeira tarifária amarela para o período.

Segundo a agência, a medida foi necessária porque os principais reservatórios de hidrelétricas do Brasil ainda apresentam estoques reduzidos para esta época do ano. Essa situação ocorre porque o volume de chuvas foi muito abaixo do padrão histórico registrado entre setembro de 2020 e janeiro deste ano.

Essa situação torna a produção das hidrelétricas desfavorável o que pressiona os custos relacionados ao risco hidrológico. De acordo com a Aneel, a conciliação de baixa produção hidrelétrica com o preço da energia no mercado de curto prazo levou à caracterização do patamar amarelo para o acionamento das Bandeiras. Esse sistema foi criado para sinalizar o custo real da energia gerada.

A agência aconselha os consumidores a usarem a energia elétrica de forma consciente e sem desperdício, por causa da bandeira amarela. Entre das dicas de economia estão tomar banhos de até cinco minutos, não forrar a parte interna da geladeira, usar iluminação natural, separar as roupas para passar por tipo e começar por aquelas que exigem menor temperatura, retirar os aparelhos da tomada quando possível.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Novo documento eletrônico pode beneficiar caminhoneiros

Caminhoneiros e empresários se reuniram, nesta quinta-feira (22), para tratar sobre a agenda econômica do Brasil. A iniciativa do encontro foi do Ministério da Infraestrutura

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Grupo mães que acolhem ajuda órfãos da covid

Não existe um número oficial de quantas são as crianças que estão enfrentando, não apenas o luto, mas também a insegurança. Em Jundiaí, região metropolitana de São Paulo, mães se reuniram para ajudar órfãos da covid-19. O projeto começou sem pretensões, hoje reúne 350 pessoas.

Baixar arquivo
Saúde

Hospitais de Campanha do DF não terão leitos de UTI

Os três hospitais de campanha previstos para serem entregues até o final deste mês pelo governo do Distrito Federal não vão ter leitos de UTI, serão 300 leitos de UCI, unidades de cuidados intermediários.

Baixar arquivo
Economia

Auxílio emergencial: beneficiários podem movimentar dinheiro com Pix

A partir de 30 de abril, quem recebe o auxílio emergencial poderá movimentar o dinheiro do benefício usando o

Baixar arquivo
Saúde

Covid: Novo carregamento com o IFA da vacina Oxford deve chegar sábado

Um novo carregamento de ingrediente farmacêutico ativo para a produção de vacinas da Oxford/Astrazeneca deve chegar da China neste sábado, dia 24. A quantidade será suficiente para que o Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos, Bio-Manguinhos da Fiocruz produza nove milhões de doses da vacina contra a covid-19, que devem ser incorporadas ao Programa Nacional de Imunizações, a partir de meados de maio 

Baixar arquivo
Geral

Tempestade subtropical é responsável por chuva e mar agitado no Rio

A tempestade subtropical batizada de Potira é a responsável pela chuva intermitente registrada nos últimos dias no Rio de Janeiro. Potira, nome que em tupi-guarani significa “flor”, também tem deixado o mar bastante agitado e, de acordo com a Marinha, há risco de ressaca.

Baixar arquivo