Caged: Brasil registra aumento de mais de 184 mil novos empregos

Publicado em 28/04/2021 - 14:47 Por Lucas Pordeus Leon, Repórter da Rádio Nacional - Brasília

O Brasil registrou um saldo positivo de mais de 184 mil novas vagas de emprego com carteira assinada criadas em março deste ano. Um aumento de 0,46% no total de empregos formais se comparado a fevereiro. Com isso, o país tem cerca de 40,2 milhões de empregos com carteira assinada.

Todos os setores econômicos apresentaram saldo positivo, com destaque para o setor de serviços e a indústria, onde foram criadas a maioria das novas vagas. O ministro da economia, Paulo Guedes, comemorou os resultados do Caged, o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados, divulgados nesta quarta-feira.

Dentro do setor de serviços, apresentaram saldo negativo apenas as atividades ligadas à Cultura e Esportes; e Alojamento e Alimentação, que teve o pior resultado no mês de março. Essa atividade engloba hotelaria e restaurantes e encerrou março com 28 mil postos de trabalho a menos que no mês anterior.

Além disso, todas as regiões do país registraram um saldo positivo em março. A região Sul apresentou o maior crescimento relativo em relação ao mês anterior, com aumento de 0,66%. Já a região Nordeste teve o pior desempenho, com um crescimento de apenas 0,07% no saldo total de empregos.

Entre as unidades da federação, quatro estados tiveram saldo negativo no número de empregos formais, todos do Nordeste. São eles: Pernambuco, Ceará, Alagoas e Sergipe. Já os estados que mais criaram vagas de emprego formal, proporcionalmente em relação a fevereiro, foram Mato Grosso do Sul, Santa Catarina e Minas Gerais.

Apesar do saldo positivo em março, o número total de empregos criados foi menor que em fevereiro, quando mais de 395 mil novas vagas foram criadas.

A mestre em engenharia civil e ambiental, Maíra de Almeida, de 28 anos, conseguiu o primeiro emprego recentemente, numa multinacional do setor de saneamento básico, na Bahia. Ela conta que estava há 2 anos procurando uma vaga e afirmou que a oportunidade chegou numa boa hora.

Em relação aos salários, a média da remuneração no momento da contratação no mês passado foi de R$ 1.802,00, 3,5% a mais que a média salarial de fevereiro.

Edição: Paula de Castro/ Beatriz Arcoverde

Últimas notícias
Saúde

Boletim revela queda nos indicadores de transmissão da covid-19

O Observatório Covid-19 da Fiocruz indica também redução do número de casos registrados e de óbitos no país. Ainda assim, especialistas defendem medidas de prevenção, como a exigência de vacinação para entrada no Brasil, o uso de passaporte de vacinas em locais públicos e a testagem de viajantes no país.

Baixar arquivo
Saúde

Nova variante da Covid chega a Bélgica e preocupa Europa

De acordo com o Ministério da Saúde belga, trata-se de alguém que veio do exterior não vacinado e que testou positivo no dia 22 de novembro

Baixar arquivo
Saúde

Fiocruz submete à Anvisa pedido de registro com IFA nacional

A Fundação Oswaldo Cruz submeteu, nesta sexta-feira, à Agência Nacional de Vigilância Sanitária, pedido de inclusão de Biomanguinhos como unidade produtora do IFA, Ingrediente Farmacêutico Ativo, utilizado para fabricação do imunizante.

Baixar arquivo
Saúde

Rio de Janeiro entra na bandeira verde do risco Covid

Os dados estão no novo Mapa de Risco e mostram que, pela primeira vez, o risco de transmissão da Covid estão muito baixos no estado.

Baixar arquivo
Saúde

Rio de Janeiro vacina mais de 67 mil pessoas em um único dia

Prefeitura faz campanha para vacinação contra a Influenza A. Qualquer pessoa, a partir dos seis meses de idade, pode ser vacinada.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Amapá lança campanha de registro civil de pessoas trans

Para mudar o nome que está registrado na certidão de nascimento, é só ir a um cartório e fazer a solicitação, sem a necessidade comprovação de cirurgia de mudança de sexo ou decisão judicial.

Baixar arquivo