Sancionado projeto que beneficia os setores de eventos e hotelaria

Publicado em 03/05/2021 - 22:03 Por Victor Ribeiro* - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

O presidente Jair Bolsonaro decidiu sancionar com vetos o projeto de lei que cria o Programa Emergencial de Retomada do Setor de Eventos (Perse). É um pacote de medidas econômicas de ajuda aos setores de eventos e de hotelaria. O prazo para a análise presidencial terminava nessa segunda-feira (3).

De acordo com a equipe econômica, serão quatro pontos de atuação. O parcelamento de dívidas tributárias, a compensação de parte dos prejuízos causados pela pandemia e duas linhas de crédito. Uma pelo Programa Nacional de Apoio às Microempresas e Empresas de Pequeno Porte (Pronampe), que vai destinar 20% dos recursos aos negócios beneficiados pelo Perse. E outra linha de crédito por meio do Fundo Garantidor para Investimentos (FGI), que é gerido pelo BNDES.

O texto aprovado no Congresso Nacional no dia 7 de abril também previa redução de impostos, mas esse trecho foi vetado. O secretário de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, justificou que os parlamentares não apontaram de onde sairiam recursos para equilibrar a arrecadação federal.

Mesmo assim, o governo informou que pode negociar a redução de impostos de maneira pontual. Isso vai ser decidido após ouvir os representantes dos setores.

A expectativa é que o impacto do Perse alcance até 20 milhões de famílias, de maneira direta ou indiretamente. São pessoas que trabalham em empresas de hotelaria, cinemas, casas de eventos, casas noturnas, shows, eventos esportivos e sociais, entre outras, relacionadas a turismo, cultura e hospedagem.

O ministro da Economia, Paulo Guedes, afirmou que os vetos foram feitos para aperfeiçoar o texto e evitar que a ajuda a essas empresas fosse parar na justiça. De acordo com Guedes, o objetivo é permitir o acesso das pequenas empresas às linhas de crédito.

No ano passado, o governo federal liberou quase R$1 trilhão para os bancos abrirem linhas de crédito para pequenas, médias e grandes empresas. Mas os empresários que possuem pequenos empreendimentos reclamaram que só os grandes conseguiram esses recursos.

* Com informações de Pedro Rafael Vilela, da Agência Brasil.

Edição: Raquel Mariano/ Beatriz Arcoverde

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Meio Ambiente

Metrô do Rio realiza ação para o Dia Mundial sem Carro

A cada 500 embarques de passageiros, a concessionária vai plantar uma semente de árvore nativa da Mata Atlântica em comunidades da Zona Norte, que ficam no entorno do metrô, principalmente na região da Grande Pavuna.

Baixar arquivo
Geral

Rio tem esquema especial de trânsito para jogo do Flamengo no Maracanã

Para atender ao evento-teste, diversas vias no entorno do estádio serão interditadas, a partir das 17h30 desta quarta-feira (22).

Baixar arquivo
Educação

Justiça determina que prefeitura do Rio recarregue cartões alimentação

A Justiça do Rio determinou que a prefeitura carioca faça a recarga de 630 mil cartões alimentação de alunos da rede municipal de ensino. Em caso de descumprimento, a prefeitura terá as contas bloqueadas.

Baixar arquivo
Geral

Ventos fortes ainda podem atingir o Rio nesta quarta (22)

Depois do caos na volta pra casa, nessa terça-feira (21), por causa da ventania que atingiu a cidade do Rio de Janeiro, o carioca passou a manhã desta quarta-feira (22) com tranquilidade, mas contabilizando os prejuízos.

Baixar arquivo
Educação

Isentos ausentes no Enem em 2020 têm até domingo para se inscrever

Candidatos ao Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) que estavam isentos da taxa de inscrição e não compareceram à edição anterior têm até o próximo domingo, dia 26, para se inscreverem no exame.

Baixar arquivo
Geral

Ação cumpre mandados contra estaleiro de luxo suspeito de sonegação

Os mandados foram realizados em Barueri, Osasco, Itupeva, Jundiaí e Mairiporã, além da capital paulista. O principal alvo da ação é uma das empresas líderes no mercado nacional de embarcações de luxo.

Baixar arquivo