Indicador de felicidade da FGV cai e é o menor da série histórica

Publicado em 15/06/2021 - 16:16 Por Lígia Souto, Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

A desigualdade no Brasil alcançou nível recorde desde o início da pandemia da covid-19, há pouco mais de um ano. Ao mesmo tempo, os indicadores de felicidade chegaram, ao longo desse período, ao menor patamar. As conclusões fazem parte da pesquisa Bem-Estar Trabalhista, Felicidade e Pandemia, divulgada nesta terça-feira pela FGV Social, centro de políticas sociais da Fundação Getúlio Vargas.

O levantamento mostra a escalada da desigualdade a partir da diminuição da renda obtida com o trabalho e o aumento das percepções negativas. E revela que os impactos foram sentidos de maneira mais intensa pela parcela mais pobre da população.

O índice de Gini, que mede a concentração de renda, atingiu, nos primeiros três meses desse ano, o nível mais elevado da série histórica, iniciada em 2012. E enquanto a população em geral viu a renda média encolher 10,89% em um ano, os mais pobres perderam quase o dobro: 20,81%.

Os indicadores de felicidade também recuaram no país, em especial entre os mais vulneráveis. Para mensurar a felicidade, a FGV faz uma pesquisa de forma a avaliar a satisfação com a vida presente. Entre os 40% mais pobres, a queda foi 0,8 ponto; enquanto entre os 20% mais ricos, houve ligeira alta, de 0,1 ponto.

De acordo com Marcelo Neri, diretor da FGV Social e  autor do estudo, as perdas de postos de trabalho e, consequentemente de renda, foram determinantes nesse processo, já que estão diretamente relacionadas ao bem estar.

A queda na percepção de felicidade no Brasil foi maior do que a média registrada em 40 países, segundo dados processados por uma empresa norte americana de pesquisa de opinião e analisados pela FGV. Em 2020, o Brasil encerrou o ano com nota de 6,1, o menor ponto da série histórica iniciada em 2006. No restante do mundo, o índice permaneceu relativamente estável.

Edição: Vitória Elizabeth/ Beatriz Arcoverde

Últimas notícias
Geral

TV Universitária da UFRR está na multiprogramação da EBC

Com a multiprogramação, a oferta de conteúdos para a população aumentará.  O público terá acesso a amplo material jornalístico, científico, educativo e de entretenimento, produzido diariamente.

Baixar arquivo
Educação

Câmara regulamenta ensino domiciliar, destaques ainda serão analisados

A Câmara aprovou nesta quarta-feira o texto-base do projeto que regulamenta a prática da educação domiciliar no Brasil.

Baixar arquivo
Política

Senado aprova regulamentação da identidade profissional de radialista

Com isso, o documento pode ser usado como identidade válida em todo o território nacional. O projeto segue para sanção presidencial.

Baixar arquivo
Política

Senado aumenta a punição para o crime de injúria racial em eventos

O senado aprovou na noite desta quarta-feira aumento da punição para quem comete o crime de injúria racial em eventos esportivos, religiosos e humorísticos.

Baixar arquivo
Economia

BID destaca importância do setor privado em projetos de saneamento

A diretora executiva do BID, Banco Interamericano de Desenvolvimento, para o Brasil e Suriname, Marta Seiller, destacou a importância dos investimentos e parcerias do setor privado nos projetos de saneamento no país.

Baixar arquivo
Justiça

STF retoma julgamento que analisa se Lei Seca viola a Constituição

O plenário do Supremo Tribunal Federal retoma nesta quinta-feira o julgamento que analisa se trechos da Lei Seca violam a Constituição Federal.

Baixar arquivo