Procon-SP quer saber detalhes sobre a segurança dos celulares

Publicado em 18/06/2021 - 15:03 Por Maíra Heinen - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

O aumento de roubos de celulares para o acesso a aplicativos bancários tem preocupado instituições de segurança e até o Procon de São Paulo. Nesta semana, o órgão de defesa do consumidor notificou empresas de telefonia como Samsung, Apple e Motorola, além de instituições financeiras e bancos para saber o grau de vulnerabilidade dos aparelhos.

O Procon solicitou das empresas informações como laudos técnicos de garantia de segurança no desbloqueio e acesso a informações de segurança; Providências tomadas pela empresa relacionadas à identificação de possíveis problemas de quebra de segurança de acesso; Forma de recepção, tratamento e armazenamento aplicados aos dados fornecidos pelos usuários, no momento da habilitação dos respectivos aparelhos; sistemas de bloqueio e rastreamento, entre outras.

A intenção é que o consumidor seja avisado sobre possíveis vulnerabilidades. E, como explica o diretor executivo do Procon de São Paulo, Fernando Capez, quando não houver orientações de segurança, empresas e bancos também poderão ser responsabilizadas. Segundo Capez, as quadrilhas roubam celulares não para vender, mas para que hakers possam acessar senhas e informações bancárias de usuários.

A Samsung informou que recebeu a notificação no dia 16 de junho e responderá ao Procon no prazo adequado. Reforçou seu comprometimento com a proteção dos dados pessoais dos consumidores e que segue, continuamente, aprimorando suas ferramentas para garantir a segurança de seus usuários.

A empresa Motorola disse em nota que recebeu o ofício do Procon e vai analisar questionamentos para retorno no prazo solicitado.

A Apple disse que não vai comentar o assunto.

Edição: Nadia Faggiani/ Beatriz Arcoverde

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Esportes

Esporte olímpico no país recebeu incentivos de mais de R$ 750 milhões

Em entrevista diretamente de Tóquio à Voz do Brasil, o ministro da Cidadania, João Roma, destacou que o Bolsa Atleta garante aos esportistas de alto rendimento condições para que se dediquem ao treinamento e competições.

Baixar arquivo
Saúde

Rio de Janeiro permanece com baixo risco para o contágio de covd-19

O Rio de Janeiro está com baixo risco para o contágio do coronavírus de acordo com a nova edição do Mapa de Risco da Covid-19, divulgada nesta sexta-feira pela Secretaria Estadual de Saúde. O estado manteve a classificação geral em bandeira amarela, que abrange sete das nove regiões.

Baixar arquivo
Justiça

Trabalhador que recusar vacina contra covid pode até ser demitido

Trabalhadores que se recusarem a tomar a vacina contra a covid-19 podem ser demitidos por justa causa por conduta de indisciplina.

Baixar arquivo
Saúde

Saiba quais alimentos devem ser evitados após se curar da covid-19

Nutricionistas apontam a necessidade de ingestão de alimentos que não sobrecarreguem o fígado neste momento. 

Baixar arquivo
Direitos Humanos

TJ suspende decisão sobre vacinas a toda população carcerária de SP

Segundo o Programa Nacional de Imunização, a população carcerária é prioritária e deveria ter sido uma das primeiras a serem vacinadas.

Economia

Dia dos Avós, Fecomércio-RJ estima movimentação de R$ 600 milhões

O Dia dos Avós, na próxima segunda-feira,  26 de Julho, deve movimentar  R$ 600 milhões na economia do estado do Rio de Janeiro. A Fecomércio-RJ estima que mais de cinco milhões de consumidores fluminenses devem ir às compras. O gasto médio deve ficar em torno de R$ 116,00.

Baixar arquivo