CMN cria novas regras para operações de crédito de cidades e estados

Publicado em 26/08/2021 - 21:20 Por Victor Ribeiro - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

O CMN, Conselho Monetário Nacional, estabeleceu novas regras para operações de crédito feitas por municípios, estados e Distrito Federal. O objetivo é proteger os bancos usando as regras já previstas na Lei de Responsabilidade Fiscal.

A partir do dia primeiro de outubro, cada vez que um prefeito ou governador quiser tomar dinheiro emprestado, vai precisar provar que pode pagar a dívida. A norma do CMN também definiu novas regras para as operações de crédito usadas em caso de calamidade pública, quando algumas exigências podem ser flexibilizadas.

Presidido pelo Ministro da Economia, Paulo Guedes, o Conselho esteve reunido nessa quinta-feira (26). No encontro, o CMN aprovou, ainda, três mudanças no Manual de Crédito Rural. A primeira foi o aumento no limite de receita bruta para a classificação dos produtores rurais que, em alguns casos, podem deixar de apresentar certidões para pegar empréstimos ou prestar contas aos programas do governo.

A segunda alteração foi para simplificar o financiamento dos investimentos feitos por meio do Pronaf Bioeconomia. E a terceira mudança no Manual de Crédito Rural foi a autorização para o financiamento de máquinas, implementos e equipamentos importados, dentro do Programa ABC, mas só quando não houver similar nacional.

Na reunião dessa quinta (26), o Conselho Monetário Nacional também autorizou o Banco Central a prorrogar até 31 de dezembro o prazo de um contrato com o Banco Central dos Estados Unidos, o Federal Reserve. Anteriormente, este acordo terminaria no dia 30 de setembro.

Em março do ano passado, os dois bancos centrais firmaram um contrato de swap no valor de 60 bilhões de dólares. Esse tipo de negociação estabelece taxas específicas e não fica vulnerável à variação do câmbio, por exemplo. A ideia é aumentar a oferta potencial de dólar no mercado brasileiro, sem interferir nas regras da política econômica em vigor no país.

Edição: Roberto Marques Piza / Guilherme Strozi

Últimas notícias
Geral

Seaster lança pesquisa sobre tráfico de pessoas no Pará

Os resultados da pesquisa são inéditos e auxiliam na identificação de medidas para combater a expansão do tráfico de pessoas no estado

Baixar arquivo
Economia

Inflação para os mais pobres sobe quase 1% em novembro

De acordo com os dados divulgados nesta segunda-feira pela FGV, as pressões para essa alta vieram dos aumentos nos itens alimentação, energia elétrica e combustíveis.

Baixar arquivo
Saúde

Rio instala tenda para atender casos de gripe em Botafogo

Esta é a terceira inauguração dentro do plano de contingência da secretaria de Saúde. Somente na última semana, a procura por atendimentos em todo o estado, aumentou 400%.

Baixar arquivo
Geral

Vale do Anhangabaú é reaberto hoje ao público

O consórcio Viva o Vale, empresa que ganhou a concessão por 10 anos, assumirá o local a partir de hoje para administrar e cuidar da manutenção.

Baixar arquivo
Geral

Tarifa Social: Aneel regulamenta inclusão automática de beneficiários

O programa beneficia atualmente cerca de 12 milhões de famílias beneficiadas pela tarifa; a expectativa do governo é que mais de 11 milhões tenham acesso ao benefício.

Baixar arquivo