Moradores de 48 cidades de MG e BA vão sacar abono salarial antecipado

Valor do PIS/Pasep será de até R$ 1.212

Publicado em 10/01/2022 - 20:23 Por Lucas Pordeus Leon - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

O abono salarial de 2020 será pago em fevereiro e março deste ano com prioridade para os trabalhadores de municípios atingidos pelas fortes chuvas na Bahia e em Minas Gerais. 

Os trabalhadores nascidos em janeiro ou que estejam em locais em situação de emergência na Bahia e Minas Gerais devem receber o recurso no dia 8 de fevereiro. Isso para quem está inscrito pelo PIS, que são os empregados da rede privada que recebem por carteira assinada. 

Já os funcionários públicos que estão cadastrados no Pasep, devem receber a partir do dia 15 de fevereiro. O PIS realiza os pagamentos pela Caixa Econômica e o Banco do Brasil deposita os valores para quem é do Pasep. O pagamento dos dois abonos vai até o dia 31 de março e a data varia de acordo com o mês de nascimento do trabalhador.  

O abono de 2020 deveria ter sido pago a partir de julho do ano passado, mas foi adiado após uma recomendação da CGU, a Controladoria Geral da União, que apontou indícios de irregularidades na transferência do abono. Já o benefício do ano base de 2021 continua sem data para ser pago. 

O calendário de pagamentos do abono foi divulgado nesta segunda-feira (10). O ministro do trabalho e previdência, Onyx Lorenzoni, detalhou quem tem direito ao recurso.

Uma novidade deste ano é que cerca de 107 mil empregados das áreas em situação de emergência por causa das fortes chuvas que caíram na Bahia e em Minas Gerais vão receber o abono no primeiro dia de pagamento, sem necessidade de se fazer cadastro, segundo explicou o presidente da Caixa, Pedro Guimarães.

Serão pagos, ao todo, mais de R$ 21,5 bilhões para mais de 23 milhões de trabalhadores. 

O abono salarial é uma política pública criada para aumentar a distribuição da renda nacional, transferindo parte dos tributos cobrados das empresas para os trabalhadores que recebem até 2 salários-mínimos.

Edição: Raquel Mariano / Guilherme Strozi

Últimas notícias
Política

Presidente da República almoça com embaixadores de 18 países no Rio

Como exemplo de situações de instabilidade mundial, que demonstram a segurança oferecida pelo Brasil, Jair Bolsonaro citou os riscos de desabastecimento que vários países vêm passando.

Baixar arquivo
Geral

Rio de Janeiro: crimes contra a vida têm queda de 17%

Os dados são relativos aos primeiros quatro meses de 2022 na comparação com o mesmo período do ano passado. Foram 1.025 vítimas, o menor número desde 1991.

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: número de testes positivos em farmácias cresce 54% em maio

Dos 210 mil testes realizados na primeira quinzena do mês, quase 50 mil comprovaram a infecção pelo coronavírus. Já em abril, foram 262 mil no total e cerca de 32 mil confirmaram a presença do Sars-Cov-2.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

ONU diz que subiu 500% o total de pessoas com fome no mundo desde 2016

Os níveis de fome ao redor do mundo atingiram uma nova alta, segundo o secretário-geral das Nações Unidas. António Guterres fez declarações na quarta-feira, durante uma reunião ministerial sobre segurança alimentar, em Nova Iorque. 

Baixar arquivo
Política

Lei que torna permanente o Auxílio Brasil é publicada pelo governo

A medida que estabelece um piso do benefício de R$400 de forma permanente foi sancionada, nessa quarta-feira, pelo presidente Jair Bolsonaro e publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira.

Baixar arquivo
Geral

Estudo indica que exercícios regulares não são afetados pela poluição

Manter a forma praticando exercícios regularmente, mesmo nos ambientes poluídos das grandes metrópoles, pode gerar mais benefícios do que malefícios, é o que diz um estudo da USP.

Baixar arquivo