População de baixa renda é a que mais sofre com inflação, aponta IPEA

Em janeiro, inflação foi de 0,63% para famílias com renda até R$ 1.800

Publicado em 15/02/2022 - 16:46 Por Solimar Luz - Repórter da Rádio Nacional - Rio de Janeiro

Um estudo do IPEA - Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada aponta uma desaceleração inflacionária para todas as faixas de renda até janeiro de 2022. 

Segundo o Indicador Ipea de Inflação, em janeiro, as famílias com renda domiciliar maior que R$ 17.764,49 registraram a menor taxa de inflação no período: 0,34%. Já o segmento que apresentou a maior pressão inflacionária no primeiro mês do ano, 0,63%, foi o das famílias com renda muito baixa, menor que R$ 1.808,79.

Ainda de acordo com os dados divulgados pelo Ipea, nesta terça-feira (15), houve deflação nos preços das tarifas de energia (-1,1%), do gás de botijão (-0,73%) e da gasolina (-1,1%). Mesmo assim, não deu para compensar os reajustes dos aluguéis (1,5%) e das tarifas de ônibus urbano (0,22%), que resultaram em impactos inflacionários para as famílias de menor renda, nos grupos de habitação e transporte.

O estudo também aponta que o grupo transportes trouxesse alívio inflacionário para a faixa de renda mais alta, devido à queda de componentes importantes. Houve recuo nos preços da gasolina (-1,1%) e do etanol (-2,8%); das passagens aéreas (-18,4%) e do transporte por aplicativo (-18%).

Últimas notícias
Economia

Setor de serviços cresce 0,7% na passagem de maio para junho, diz IBGE

Com isso, se encontra 7,5% acima do nível pré-pandemia, de fevereiro de 2020, mas ainda 3,2% abaixo do ponto mais alto, conquistado em novembro de 2014.

Baixar arquivo
Saúde

Ingerir álcool durante a gravidez pode causar síndrome alcoólica fetal

Mesmo que seja baixa a quantidade de álcool ingerida pela futura mãe, ainda existe o risco da doença,  que pode trazer consequências gravíssimas para o feto e recém-nascidos.

Baixar arquivo
Economia

Quase metade dos brasileiros fazem "bicos" para ampliar renda

Pesquisa aponta que quase q metade dos brasileiros com 16 anos de idade ou mais precisaram fazer atividades extras nos últimos 12 meses para complementar sua renda.

Baixar arquivo
Saúde

Maranhão registra primeiro caso de varíola dos macacos

O paciente, um homem de 42 anos, com comorbidades, está internado com quadro clínico estável.

Baixar arquivo
Economia

IBGE prevê safra recorde de 263,4 milhões de toneladas em 2022

O Brasil deve produzir, em julho, 263 milhões e 400 mil toneladas de cereais, leguminosas e oleaginosas. Um recorde! A estimativa está no Levantamento Sistemático da Produção Agrícola, divulgado nesta quinta-feira pelo IBGE.

Baixar arquivo