OIT: Brasil, Argentina, Chile e Colômbia sofreram desindustrialização

Publicado em 22/06/2022 - 15:53 Por Gabriel Correa - Repórter da Rádio Nacional - São Luís (MA)

A produtividade do trabalho na América Latina e Caribe diminuiu nas últimas quatro décadas, em comparação com o resto do mundo, inclusive em relação à média anual de outras regiões emergentes em desenvolvimento.

Esse é um dos destaques apresentados no relatório divulgado nesta quarta-feira (22) pela OIT, a Organização Internacional do Trabalho para América Latina e Caribe. O relatório que examina as brechas de produtividade e desafios para geração de empregos ressaltou a necessidade de compreender os fatores que contribuem para o aumento da produtividade e estimular o diálogo necessário. 

Segundo Cláudio Maggi, executivo e consultor da OIT, países como Argentina, Brasil, Chile e Colômbia passaram por processos de desindustrialização prematura em comparação com outras economias nos últimos anos. Além disso, há pouca diversificação das matrizes produtivas para atividades tecnológicas mais complexas, o que agrava a baixa integração das cadeias de suprimentos.

De acordo com o ministro do Trabalho e Previdência, José Carlos Oliveira, que participou do lançamento, o Brasil vem passando por um processo de flexibilização e desburocratização digital. Segundo o ministro, ainda há uma parte da sociedade que pode participar da inclusão digital.

O relatório também destaca que a adoção de tecnologias digitais trouxe impactos positivos principalmente para os setores de serviços tradicionais (como comércio, serviços financeiros e transporte). Os processos de digitalização abriram oportunidades no setor de serviços, por meio de plataformas de e-commerce, fintechs e atendimentos online.

De acordo com o estudo, a América Latina também tem uma mão-de-obra relativamente qualificada no "setor de conhecimento", que engloba empresas exportadoras de softwares e serviços.  Apesar disso, a região perdeu participação relativa nas exportações globais, de 12% para 8% entre 2005 e 2019.

Já nos setores da agricultura e na indústria de transformação, houve baixa adoção de novas tecnologias, mesmo em países como Brasil, Argentina e Uruguai.

 

Edição: Paula de Castro Ribeiro / Guilherme Strozi

Últimas notícias
Economia

Conta de luz: Julho permanece com bandeira tarifária verde

Isso significa que não haverá cobrança de custo adicional. A informação foi divulgada pela Aneel, Agência Nacional de Energia Elétrica.

Baixar arquivo
Segurança

SP: Policiais são presos acusados de lotear área de proteção ambiental

O esquema mirava terras públicas no município de Cotia, na região metropolitana da capital paulista. A região tem cerca de 900 mil metros quadrados e é conhecida como Parque das Nascentes.

Baixar arquivo
Geral

Ministério da Justiça determina que Tik Tok remova conteúdo impróprio

O Ministério da Justiça determinou que a plataforma online Tik Tok remova conteúdos impróprios para menores de 18 anos no Brasil. O documento determina que a rede social tem 72 horas para cumprir a ordem.

Baixar arquivo
Justiça

ICMS combustíveis: Gilmar Mendes marca audiência de conciliação

O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes marcou a audiência de conciliação para a próxima terça-feira, às 9h, com representantes dos estados e da União para discutir a tributação do ICMS, imposto que incide sobre combustíveis.

Baixar arquivo
Saúde

Vacinação contra a gripe será ampliada em todo país a partir de sábado

Toda a população, com pelo menos seis meses de idade, pode procurar um posto de saúde para receber a vacina contra a gripe.

Baixar arquivo
Esportes

Rádio Nacional transmite dois jogos neste fim de semana

Neste sábado (25), a partir das 19h, o Flamengo encara o América-MG em busca da reabilitação e de ficar mais distante do Z4. Neste domingo (26) é a vez do Clássico Vovô. A partir das 16h tem Botafogo e Fluminense.

Baixar arquivo