OMS aponta que 5% da população é superdotada e a maioria é invisível

Publicado em 25/06/2022 - 10:04 Por Eliane Gonçalves* - Repórter da Rádio Nacional - São Paulo

Eric Schimid é um jovem de poucas palavras e aficcionado por jogos. Mas por traz de tanta timidez, o adolescente de 15 anos esconde muitas habilidades: ágil nas ciências exatas, facilidade de concentração, exímio jogador de xadrez e imbatível nos games eletrônicos. Eric é um menino com QI acima da média e também trata isso como um jogo.

Segundo a OMS, a Organização Mundial de Saúde, cerca de 5% da população mundial tem altas habilidades ou, no popular, são superdotadas. 

No Brasil, a proporção corresponde a cerca de 2,3 milhões crianças.  Mas a maior parte dessas pessoas são invisíveis. 

Segundo o Censo Escolar de 2020, pouco mais de 24 mil estudantes, cerca de 1% do total, são identificados como pessoas com altas habilidades ou com superdotação. O número leva em consideração apenas as pessoas com altas habilidades acadêmicas, não inclui outras habilidades como a artística, esportiva ou de liderança. 

A psicóloga e presidente do Conselho Brasileiro para Superdotação, Denise Arantes Brero  explica que a falta de políticas públicas para identificar essas pessoas gera problemas para quem é do grupo.

Muitas vezes, crianças superdotadas acabam sendo diagnosticas erroneamente com transtornos como autismo ou TDAH, o transtorno do déficit de atenção. Os prejuízos são individuais, mas também coletivos. 

E para tornar esses talentos visíveis, a psicóloga lembra de algumas características que podem indicar que a criança pode estar no grupo dos superdotados, como crianças que ficam entediadas e aprendem rápido.

A recomendação nesses casos é procurar profissionais especializados que possam fazer o diagnóstico. No Brasil, além do Conselho Brasileiro de Superdotação, também é possível entrar em contato com a Associação Mensa Brasil, a mais antiga sociedade de alto Q.I. do mundo, podem indicar profissionais habilitados a fazer os testes que podem identificar se o que parece desajuste é na verdade superdotação. O site do Conselho é www.conbrasd.org, CONBRASD se escreve com N e D de dado no final. O site do Mensa Brasil é www.mensa.org.br

* Com colaboração de Priscilla Kerche, da TV Brasil

Edição: Roberto Piza / Beatriz Arcoverde

Últimas notícias
Política

Após ataque hacker, sites da prefeitura do Rio seguem fora do ar

O problema está impedindo a emissão de nota fiscal eletrônica e algumas unidades de saúde não conseguem registrar pedidos de exames e consultas no sistema de regulação.

Baixar arquivo
Educação

Resultado do Fies já está disponível no site do MEC

Os alunos pré-selecionados para o Fundo de Financiamento Estudantil terão até o dia 19 de agosto para fazerem a complementação da inscrição. Lista de espera será divulgada dia 22 de agosto. 

Baixar arquivo
Geral

53% das crianças e adolescentes acessam internet apenas pelo celular

Pesquisa mostra que avançou o número de crianças e adolescentes com acesso à internet, mas os meios de acesso ao ambiente virtual revelam desigualdades profundas.

Baixar arquivo
Geral

Cidadãos já podem consultar prestação de contas dos candidatos

Os relatórios financeiros das campanhas devem ser inseridos a cada 72 horas no site do TSE

Baixar arquivo
Cultura

Primeira capital planejada do país, Teresina (PI) completa 170 anos

 É a única capital nordestina que não é banhada pelo mar e a primeira capital brasileira a ser planejada, anos antes de Aracaju, décadas antes de Belo Horizonte e mais de um século antes de Brasília.

Baixar arquivo
Geral

Após explosões em carros com gás, postos serão fiscalizados no Rio

Nos últimos dias, ocorreu a explosão de três cilindros de GNV, o Gás Natural Veicular, em veículos durante abastecimento em postos de combustíveis e que mataram duas pessoas no Rio de Janeiro.

Baixar arquivo