Estudantes de baixa renda receberão poupança para permanecer na escola

Publicado em 28/11/2023 - 19:47 Por Antônio Trindade - Repórter da TV Brasil - Brasília

Estudantes de baixa renda do ensino médio terão uma poupança para incentivá-los a permanecer na escola. O programa vai contar com um fundo de R$ 20 bilhões, vindos de recursos da exploração de óleo e gás e vai ser direcionado para os estudantes nos quais as famílias fazem parte do Cadastro Único dos Programas Sociais.

A ação foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira em uma Medida Provisória. Os valores e formas de pagamento da poupança ainda serão definidas pelos ministérios da Fazenda e da Educação.

A ideia do Governo é depositar um valor mensal em uma conta aberta em nome do estudante. Para ter acesso aos recursos, existem alguns condicionantes, como frequência escolar, não ser reprovado e também fazer a matrícula para o ano seguinte. Para os que estão no terceiro ano, também será exigido participação no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Segundo uma pesquisa do Pnud, feita em parceria com a Firjan e o Sesi, divulgada no primeiro semestre desse ano, a evasão escolar é um dos principais problemas da educação brasileira. Só no ensino médio, 500 mil jovens largam os estudos por ano no Brasil. Os motivos são os mais diversos: necessidade de trabalho ou pela escola ser desinteressante. Entre os 20% mais pobres, menos da metade conclui os 3 anos desse período. Já entre os 20% mais ricos, o índice de conclusão passa dos 94%.

Kelvin Gonlçalves parou os estudos no início da pandemia de Covid-19 para dar uma força nas contas de casa. Em 2021, ele sentiu necessidade de voltar à escola. Hoje, aos 18 anos, está cursando o 2º ano do ensino médio em uma turma de educação de jovens e adultos em uma escola pública de Brasília.

Jurena Caparelli, supervisora pedagógica de educação de jovens e adultos, explica que o principal motivo para os estudantes abandonarem a escola é a falta de estímulo para continuar estudando.

O estudo do Pnud mostra ainda que os jovens que abandonam a escola têm mais dificuldade para arrumar empregos formais e também possuem expectativa de vida até 3 anos menor que a média. Sem falar as perdas na economia, que chegam a R$ 220 bilhões.

Edição: Roberta Lopes / Pedro Lacerda

Últimas notícias
Segurança

Agentes da Força Nacional reforçam buscas por fugitivos em Mossoró

Mais de 500 polícias de diversas forças compõem a força tarefa de buscas por Rogério da Silva Mendonça e Deibson Cabral Nascimento. Os dois usaram ferramentas de uma obra que era realizada no presídio para fugir. 

Baixar arquivo
Política

Há 92 anos as mulheres conquistavam o direito de votar no Brasil

No Brasil também há uma legislação que determina cota mínima de gênero para candidatura nas eleições legislativas. 

Baixar arquivo
Geral

Polícia Federal prende suspeito por tentar invadir Palácio da Alvorada

O presidente Lula estava dentro da residência oficial no momento no incidente 

Baixar arquivo
Direitos Humanos

MDHC rechaça fake news sobre tráfico de crianças na Ilha do Marajó

O Ministério dos Direitos Humanos e da Cidadania divulgou nota alertando para a propagação de fake news com denúncias sobre a exploração sexual e o tráfico de crianças na Ilha do Marajó, no Pará.

Baixar arquivo
Esportes

Justiça Desportiva pune Sport por ataque a ônibus do Fortaleza

A decisão do presidente do tribunal, José Perdiz, reconheceu que o Sport, como clube mandante da partida, não se comprometeu com a segurança dentro e fora do estádio. Yuri Romão, presidente do clube, lembrou de casos recentes de ataques a ônibus de adversários que não tiveram a mesma punição 

Baixar arquivo
Geral

Terminal Gentileza é inaugurado no Rio

O terminal vai conectar os serviços do mais novo corredor de BRT, o Transbrasil, com o VLT e linhas de ônibus municipais. O nome do terminal faz referência a José Datrino, o Profeta Gentileza, que ficou conhecido por pinturas com mensagens em colunas de viadutos no Rio

Baixar arquivo