Sexualização de uniformes femininos no esporte é criticada por atletas

Publicado em 04/08/2021 - 19:20 Por Beatriz Evaristo - Repórter da Rádio Nacional - Brasília

Mais curtos e mais justos do que os masculinos em alguns esportes, os uniformes femininos são escolhidos para deixar o corpo da mulher mais sensual? No mês passado, a equipe da Noruega de handebol de praia usou short no lugar da parte de baixo do biquíni e foi multada por violar o código de vestimenta. O vôlei de praia segue o mesmo padrão. Homens vestem short e camiseta. Já as mulheres, usam biquíni. Traje natural para o calor na opinião da medalhista olímpica Adriana Samuel. Mas, a ex-jogadora, que hoje é gestora de patrocínios, pontua que o mais importante é a liberdade de escolha das atletas.

O corpo à mostra e a preocupação com a aparência não deveriam estar em jogo. Carol Solberg, jogadora de vôlei de praia, também defende que é importante ter opções diferentes de uniforme para que as atletas se sintam bem.

Em Tóquio, as alemãs trocaram o collant tradicional por um macacão de corpo inteiro nas apresentações de ginástica como uma forma de protesto contra a sexualização no esporte. Para a treinadora brasileira Georgette Vidor, deve ser permitido usar o que for mais confortável desde que a equipe mantenha um padrão.

De acordo com a doutora em antropologia social Cláudia Kessler, a sexualização da mulher por meio dos uniformes esportivos existe e a discussão sobre materiais esportivos femininos mais adequados deve ser ampliada.

Em 2019, o Conselho da Federação Mundial de Taekwondo aprovou novos modelos de uniformes colados ao corpo, tanto para homens quanto para mulheres, com a justificativa de melhorar o desempenho atlético. A novidade deveria ser apresentada nas olimpíadas deste ano. No entanto, equipes como a brasileira, por exemplo, lutaram com calças mais largas que a proposta inicial.

Edição: Sheily Noleto / Guilherme Strozi

Últimas notícias
Cultura

Escola de samba Portela se torna patrimônio imaterial e cultural

A maior campeã da história do Carnaval carioca, com 22 títulos, a Portela se tornou patrimônio imaterial e cultural do estado do Rio de Janeiro.

Baixar arquivo
Saúde

Surto de gripe no RJ lota unidades de pronto atendimento

Para especialistas, a baixa cobertura vacinal contra a gripe, nos dois anos de pandemia de coronavírus, fez com que a doença ganhasse espaço. Agora, com a circulação do vírus da gripe, o que se vê são pessoas relatando sinais de febre e dor no corpo.

Baixar arquivo
Saúde

Governo vai passar a exigir quarentena para viajantes não vacinados

De acordo com o ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, após o período de quarentena definido, os viajantes deverão apresentar um teste do tipo PCR negativo.

Baixar arquivo
Economia

Empregadores devem quitar parcelas suspensas do FGTS até hoje

Devem ser pagas todas as parcelas em aberto e, para evitar o acréscimo de encargos e multa, a Caixa alerta que a quitação deve ser feita dentro do prazo. A falta do recolhimento impede o empregador de emitir o Certificado de Regularidade do FGTS.

Baixar arquivo
Economia

Cepal aponta recuperação do comércio na América Latina e Caribe no ano

Essa recuperação, no entanto, não será igual em todos os países da América Latina e do Caribe, por causa das incertezas provocadas pela pandemia do novo coronavírus.

Baixar arquivo
Pesquisa e Inovação

Governo assina contratos de concessão do 5G

Além de deixar a velocidade da internet cerca de 100 vezes mais rápida em comparação ao 4G, a tecnologia é capaz de integrar pessoas e objetos - a chamada tecnologia das coisas.

Baixar arquivo