Paralimpíada de Tóquio 2020 chega ao fim

Brasil termina participação em 7º lugar no quadro de medalhas

Publicado em 05/09/2021 - 10:20 Por Igor Santos - Enviado Especial da EBC - Tóquio - Tóquio

Passou rápido demais… Os Jogos Paralímpicos de Tóquio chegaram ao fim na noite deste domingo (5) no Japão, ainda manhã no Brasil. Uma edição histórica por diversos motivos. Pelos motivos bons, como os vários recordes quebrados e histórias incríveis, mas também por fatos que a gente preferia que fossem diferentes, como ausência do público nas arenas por conta das restrições impostas no combate à covid-19. Mas o saldo que fica é amplamente positivo, principalmente para nossa delegação.

Com a prata do Alex Pires na maratona classe T46 para atletas com amputação nos membros superiores, os atletas brasileiros colocaram a cereja no bolo de uma participação como jamais se viu. Tivemos a maior quantidade de ouros em uma mesma edição com 22 e o maior total de medalhas também: 72, empatado com o desempenho no Rio em 2016. Assim como em Londres em 2012, terminamos em sétimo lugar no quadro de medalhas, nossa melhor posição.

A cerimônia de encerramento dos jogos foi uma espécie de segundo adeus a Daniel Dias. O nadador que parou de competir depois de concluir a participação em Tóquio foi o porta-bandeira do Brasil, um momento de muita emoção. Para completar, ele ainda foi eleito para o Conselho de Atletas do Comitê Paralímpico Internacional. Ele vai embora do Japão com três bronzes, que se somam a outros 24 pódios paralímpicos na carreira dele. Um legado que vai ficar para sempre.

Agora é a vez de Paris. A chama paralímpica se apagou no estádio olímpico de Tóquio e voltará a ser acesa em Paris daqui há quase três anos, mais precisamente no dia 28 de agosto de 2024. Até lá, esperamos que tudo esteja de volta ao normal.

Encerramos por aqui a cobertura da Rádio Nacional nesses Jogos Paralímpicos. Eu destaco que não estive sozinho aqui em Tóquio, mas acompanhado do repórter cinematográfico Rodolfo Rodrigues da TV Brasil. Estamos os dois muito cansados, mas também realizados de ter presenciado isso tudo. Esperamos que o ouvinte da Rádio, o espectador da TV, o leitor da Agência Brasil e o seguidor das redes sociais da EBC tenham gostado tanto de acompanhar o nosso trabalho, quanto a gente gostou de fazer esse trabalho. Eu sou Igor Santos e me despeço aqui. Arigato gozaimasu, muito obrigado!

Edição: Bianca Paiva/Beatriz Abreu

Últimas notícias
Geral

Companhias aéreas voltam a oferecer serviço de bordo

A liberação do serviço de bordo foi possível após decisão tomada pela Anvisa no último dia 12

Baixar arquivo
Economia

Paulo Guedes participa do Fórum Econômico Mundial, em Davos

Pela primeira vez, desde o início da pandemia de Covid-19, o Fórum Econômico Mundial faz a reunião presencialmente

Baixar arquivo
Geral

Prefeitura do Rio faz acordo com empresas de ônibus e mantém tarifa

Em reunião realizada na última sexta-feira, ficou acordado que a prefeitura vai assumir a bilhetagem e pagar um subsídio às empresas com base na quilometragem rodada, e não mais com base no número de passageiros transportados

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Pessoas aptas para adoção são 8 vezes mais do que crianças disponíveis

Mas, série de exigências desses país mantém 4.104 crianças e adolescentes no país sem uma nova família

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: estado de emergência termina oficialmente neste domingo

A situação de emergência começou em fevereiro de 2020, antes que o surto de covid se transformasse em pandemia

Baixar arquivo
Saúde

Brasileiro diagnosticado com varíola dos macacos está em isolamento

O paciente tem 26 anos. Saiu de Portugal, passou pela Espanha e entrou na Alemanha

Baixar arquivo