Paralimpíada de Tóquio 2020 chega ao fim

Brasil termina participação em 7º lugar no quadro de medalhas

Publicado em 05/09/2021 - 10:20 Por Igor Santos - Enviado Especial da EBC - Tóquio - Tóquio

Passou rápido demais… Os Jogos Paralímpicos de Tóquio chegaram ao fim na noite deste domingo (5) no Japão, ainda manhã no Brasil. Uma edição histórica por diversos motivos. Pelos motivos bons, como os vários recordes quebrados e histórias incríveis, mas também por fatos que a gente preferia que fossem diferentes, como ausência do público nas arenas por conta das restrições impostas no combate à covid-19. Mas o saldo que fica é amplamente positivo, principalmente para nossa delegação.

Com a prata do Alex Pires na maratona classe T46 para atletas com amputação nos membros superiores, os atletas brasileiros colocaram a cereja no bolo de uma participação como jamais se viu. Tivemos a maior quantidade de ouros em uma mesma edição com 22 e o maior total de medalhas também: 72, empatado com o desempenho no Rio em 2016. Assim como em Londres em 2012, terminamos em sétimo lugar no quadro de medalhas, nossa melhor posição.

A cerimônia de encerramento dos jogos foi uma espécie de segundo adeus a Daniel Dias. O nadador que parou de competir depois de concluir a participação em Tóquio foi o porta-bandeira do Brasil, um momento de muita emoção. Para completar, ele ainda foi eleito para o Conselho de Atletas do Comitê Paralímpico Internacional. Ele vai embora do Japão com três bronzes, que se somam a outros 24 pódios paralímpicos na carreira dele. Um legado que vai ficar para sempre.

Agora é a vez de Paris. A chama paralímpica se apagou no estádio olímpico de Tóquio e voltará a ser acesa em Paris daqui há quase três anos, mais precisamente no dia 28 de agosto de 2024. Até lá, esperamos que tudo esteja de volta ao normal.

Encerramos por aqui a cobertura da Rádio Nacional nesses Jogos Paralímpicos. Eu destaco que não estive sozinho aqui em Tóquio, mas acompanhado do repórter cinematográfico Rodolfo Rodrigues da TV Brasil. Estamos os dois muito cansados, mas também realizados de ter presenciado isso tudo. Esperamos que o ouvinte da Rádio, o espectador da TV, o leitor da Agência Brasil e o seguidor das redes sociais da EBC tenham gostado tanto de acompanhar o nosso trabalho, quanto a gente gostou de fazer esse trabalho. Eu sou Igor Santos e me despeço aqui. Arigato gozaimasu, muito obrigado!

Edição: Bianca Paiva/Beatriz Abreu

Últimas notícias
Economia

Indicador que mede incerteza da economia apresenta queda em novembro

O resultado do indicador em novembro é reflexo da continuidade da melhora dos indicadores da Covid-19 no Brasil, associada a fatores negativos no campo econômico, como a inflação e juros elevados e a desaceleração do crescimento doméstico e internacional.

Baixar arquivo
Geral

No Rio, Polícia Federal desarticula emissoras de rádio clandestinas

A operação aconteceu em bairros e comunidades da zona oeste carioca, após denúncia de que as rádios estavam colocando em risco as operações nos aeroportos Santos Dumont e o Internacional Tom Jobim.

Baixar arquivo
Cultura

Em 30 de novembro de 1982, Michael Jackson lançava o álbum Thriller

Disco é citado até hoje como um dos melhores de todos os tempos e foi o álbum mais vendido no mundo, com cerca de 65 de milhões de cópias. Sucesso de público e de mídia, o trabalho rendeu oito Grammys. 

Baixar arquivo
Cultura

Professor da USP traduz cartas de indígenas no Brasil do século XVII

Cartas trocadas entre indígenas do Brasil em tupi antigo, em 1645, foram traduzidas pelo pesquisador e professor da USP, Eduardo Navarro. O contexto era o da disputa entre Portugal e Holanda por terras brasileiras, hoje, o estado de Pernambuco.

Baixar arquivo
Saúde

Estatuto do Câncer torna obrigatório atendimento integral

Dentre os objetivos do estatuto estão o diagnóstico precoce, a informação clara e confiável sobre a doença e o tratamento adequado, bem como humanização da atenção ao paciente e à sua família

Baixar arquivo
Saúde

Rio não tem registro de casos da variante Ômicron no estado

Secretaria de Saúde vai emitir um alerta às vigilâncias municipais para aumento da atenção a casos de viajantes que apresentem quadro de síndrome gripal, com realização de exame PCR, monitoramento e notificação por meio dos canais oficiais.

Baixar arquivo