Maior aquífero do mundo está localizado na Amazônia

Publicado em 30/03/2015 - 12:56 Por Michelle Moreira - Brasília

Além das riquezas naturais já conhecidas, a região amazônica conta com um tesouro subterrâneo. Trata-se do SAGA, o Sistema Aquífero Grande Amazônia. O maior de que se tem conhecimento no planeta. São mais de 162 mil quilômetros cúbicos de água.

 

Para se ter uma ideia de sua extensão, o aquífero Guarani, considerado, agora, o segundo maior, possui uma reserva hídrica de 39 mil quilômetros cúbicos de água.

 

Levando em conta uma população mundial de cerca de sete bilhões de pessoas, um consumo individual médio de 150 litros de água por dia e uma expectativa de vida de 60 anos, o SAGA poderia abastecer a população por nada menos do que 250 anos.

 

A descoberta partiu do Instituto de Geociências da UFPA, a Universidade Federal do Pará.

 

De acordo com o professor da universidade, o geólogo Francisco Matos, a constatação veio a partir da ampliação do estudo sobre o aquífero Alter do Chão, localizado no Pará, no município de Santarém.

 

Sonora "Nós resolvemos alargar os estudos na percepção de que o Alter do Chão se estendia para outras regiões da Amazônia e não estava restrita aquela região inicialmente definida. E aí os nossos estudos permitiu ver que ele, na verdade, se estendia desde o contraforte dos Andes, no Acre, até o Marajó"

 

O sistema hoje serve apenas para fornecer água para consumo nas cidades do vale amazônico, como Manaus e Santarém. Francisco Matos destaca que esta reserva poderia também ser utilizada na agricultura, para promover dois ciclos de colheitas.

 

Sonora "Com esta quantidade de água que existe no subsolo, com a disponibilidade de energia solar que a gente tem na região, com a disponibilidade de terras agriculturáveis, nós poderíamos ter por exemplo duas gerações de alimento. Duas colheitas. Uma por conta de São Pedro e outra irrigada, já que a região Amazônica também possui uma grande quantidade de energia elétrica."

 

O geólogo chama a atenção para o uso responsável do SAGA, uma vez que ele integra o ciclo hidrológico da região, ou seja, o movimento contínuo da água presente nos rios, continente e atmosfera; além da relação com a floresta.

 

Sonora "As árvores retrabalham a água por avacotranspiração, repõe isso na atmosfera, os ventos e a rotação da terra vão levando esta água para o interior da Amazônia até que chega nos Andes. Quando este spray da atmosfera bate nos Andes, ele desce para o centro-sul do Brasil e esta descida transmite umidade e é examente responsável em grande medida pelas chuvas que caem no centro-sul do Brasil."

 

Apesar da abundância de água, Francisco Matos descarta a possibilidade de essa reserva hídrica abastecer o semiárido brasileiro ou São Paulo, uma vez que as distâncias tornariam as obras inviáveis.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Direitos Humanos

RJ: Ronda Maria da Penha traz proteção a mulheres vítimas de violência

No primeiro mês da Ronda Maria da Penha, foram cumpridas 12 medidas protetivas encaminhadas pelo Tribunal de Justiça do Estado. Com atuação desde março, o projeto realizado pela Guarda Municipal do Rio também realizou 29 visitas a três mulheres vítimas de violência doméstica.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Fundação Renova apresenta dados sobre recuperação do Rio Doce

Uma expedição realizada ao longo do Rio Doce mostra os resultados do trabalho de redução dos impactos causados pelo rompimento da barragem de rejeitos da Samarco, em Mariana, Minas Gerais. Hoje, a água do Rio Doce já apresenta, em alguns pontos, a mesma qualidade de antes do rompimento da barragem.

Baixar arquivo
Geral

Um em cada cinco brasileiros não tem acesso à internet, segundo IBGE

São quase 40 milhões de pessoas desconectadas no país. A Pnad Contínua, pesquisa divulgada nesta quarta-feira (14), mostra ainda a desigualdade de acesso entre estudantes de escolas públicas e particulares.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Especialistas alertam para os sinais de violência contra crianças

O caso de violência no Rio de Janeiro, que levou à morte o menino de Henry, de apenas quatro anos, acendeu um alerta: como reconhecer sinais de abuso e maus-tratos contra os pequenos, e o que fazer para protegê-los? A psicóloga Fátima Marques alerta que adultos devem escutar mais as crianças.

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: Rio de Janeiro inicia vacinação de agentes de segurança

Etapa de imunização vale para profissionais que estão na ativa. Bombeiros são vacinados em dois pontos, e PMs recebem as doses em batalhões e unidades militares.

Baixar arquivo
Geral

Prefeitura do Rio reduz restrições e autoriza atividades coletivas

A Prefeitura do Rio de Janeiro avançou na flexibilização das restrições para conter a pandemia de covid-19. Agora é permitido fazer atividades coletivas tanto em espaços públicos, quanto em áreas particulares. Mas a permanência nesses locais, apenas por lazer continua vetada.

Baixar arquivo