População do DF faz caminho inverso de tendência de aumento de fumantes no mundo

OMS

Publicado em 23/01/2017 - 12:30 Por Patrícia Leite - Brasília

Rosália Olivieri fumou por mais de 20 anos e abandonou o cigarro há um ano e meio. 


Segundo Rosália, o hábito de fumar passou a tomar decisões por ela. Quando percebeu, era o cigarro que comandava sua vida. 


O pneumologista Thiago Fuscadi faz um alerta para os riscos de quem ainda não decidiu parar de fumar.


De acordo com um estudo da Organização Mundial da Saúde (OMS), o tabaco mata 6 milhões de pessoas, todo ano, no mundo. A previsão é de que esse número aumente ainda mais, passe para 8 milhões até 2030.


Segundo a OMS, mais de 80% das mortes devem ocorrer em países de baixa e média renda. 


No Distrito Federal, a situação é diferente. Segundo Celso Antonio Rodrigues da Silva, coordenador do Programa de Controle do Tabagismo da Secretaria de Saúde, em 20 anos, o número de fumantes teve uma queda expressiva: passou de 39% da população para pouco mais de 10%.


O motivo dessa conquista são anos de campanhas de prevenção. 


Outra forma de tentar reduzir o número de fumantes seria aumentar ainda mais o imposto sobre o cigarro. Como consequência, o preço do produto subiria.


A OMS acredita que isso desestimularia o hábito de fumar. Assim, o impacto dessa medida seria benéfica não apenas para a saúde das pessoas mas, também, para a economia. Afinal, problemas de saúde relacionados ao fumo e perda de produtividade custam aos países mais de US$ 1  trilhão, por ano.

Últimas notícias
Internacional

ONU pede fim de atividades militares perto de usina nuclear ucraniana

O líder das Nações Unidas, António Guterres, pediu às forças militares da Rússia e da Ucrânia que cessem, imediatamente, todas as atividades militares perto da usina nuclear de Zaporizhzhia, no sul da Ucrânia.
 

Baixar arquivo
Saúde

Fiocruz pede registro de novos testes contra varíola dos macacos

A Fundação Oswaldo Cruz pediu à Anvisa - Agência Nacional de Vigilância Sanitária - o registro de dois novos teste para diagnóstico de monkeypox. O pedido foi feito por meio do Instituto de Tecnologia em Imunobiológicos, Bio-Manguinhos.

Baixar arquivo
Economia

Setor de serviços cresce 0,7% na passagem de maio para junho, diz IBGE

Com isso, se encontra 7,5% acima do nível pré-pandemia, de fevereiro de 2020, mas ainda 3,2% abaixo do ponto mais alto, conquistado em novembro de 2014.

Baixar arquivo
Saúde

Ingerir álcool durante a gravidez pode causar síndrome alcoólica fetal

Mesmo que seja baixa a quantidade de álcool ingerida pela futura mãe, ainda existe o risco da doença,  que pode trazer consequências gravíssimas para o feto e recém-nascidos.

Baixar arquivo
Economia

Quase metade dos brasileiros fazem "bicos" para ampliar renda

Pesquisa aponta que quase q metade dos brasileiros com 16 anos de idade ou mais precisaram fazer atividades extras nos últimos 12 meses para complementar sua renda.

Baixar arquivo