Barragens passam por fiscalização no Amazonas

Meio ambiente

Publicado em 11/02/2019 - 19:39 Por Bianca Paiva - Brasília

Uma comitiva composta por técnicos do Ipaam, Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas, da Secretaria Estadual de Meio Ambiente e de órgãos de controle fiscalizou, durante quatro dias, nove barragens instaladas na Vila de Pitinga, a 307 quilômetros de Manaus.

 

A vistoria terminou no último sábado e incluiu outras atividades realizadas pela empresa Mineração Taboca que exigem licença do Ipaam.

 

Segundo informações do Instituto, a visita já estava agendada antes do rompimento da barragem de Brumadinho, em Minas Gerais. A última fiscalização foi feita em agosto de 2018.

 

A Mineração Taboca possui na área oito barragens de rejeitos de mineração e uma para a hidrelétrica, que produz energia para a operação da empresa. De acordo com o Ipaam, o monitoramento foi reforçado nos últimos anos, principalmente após o desastre em Mariana, também em Minas Gerais. Com isso, as barragens de mineração no Amazonas deixaram de ser categorizadas como de alto risco para baixo. Apenas uma barragem de rejeitos apresenta dano potencial associado alto, porém com laudo técnico atestando a estabilidade da estrutura.

 

Durante a vistoria, o gerente-executivo de sustentabilidade da empresa, Newton Viguetti, ressaltou que o tipo das barragens construídas na Mina de Pitinga é diferente e mais seguro do que o utilizado pela empresa Vale em Brumadinho e Mariana. Também reforçou que não há populações vivendo nas áreas abaixo das barragens e que, em caso de rompimento, os rejeitos não atingiriam as dependências da empresa onde ficam os funcionários.

 

O Ipaam informou que vai elaborar um relatório com as informações colhidas durante a fiscalização na Mina de Pitinga.

Últimas notícias
Geral

Mega-Sena acumula e deve pagar R$ 100 milhões

O concurso 2.484 da Mega-Sena, realizado nesta quarta-feira , não teve acertadores das seis dezenas. Os números sorteados foram: 11 - 14 - 36 - 41 - 54 - 59.

Baixar arquivo
Cultura

Rádio Nacional do RJ pode ser declarada Patrimônio Imaterial do Estado

A Rádio Nacional do Rio de Janeiro poderá ser declarada Patrimônio Histórico e Cultural Imaterial do Estado. Um projeto de lei, de autoria dos deputados estaduais Mônica Francisco, do PSOL, e Waldeck Carneiro, do PSB, foi aprovado na Assembleia Legislativa.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

SP usa pela primeira vez a queima controlada para prevenir incêndios

A experiência está acontecendo na Estação Ecológica Jataí na cidade de Luís Antônio, no interior de São Paulo.

Baixar arquivo
Política

Câmara dos Deputados elege novos membros da mesa diretora

O deputado Lincoln Portela, do PL de Minas Gerais, foi eleito nessa quarta-feira para o cargo de vice-presidente da Câmara dos Deputados.

Baixar arquivo
Saúde

Centro-oeste tem aumento de 165% dos casos de dengue

Os casos de dengue vêm crescendo no país. O centro-oeste lidera com mais de 855 mil casos prováveis da doença transmitida pelo Aedes Aegypti, segundo o Ministério da Saúde.

Baixar arquivo
Saúde

Pesquisa alerta para publicidade ilegal de fórmulas infantis

Seis em cada dez farmácias e supermercados brasileiros infringem a legislação que regula o marketing de produtos que podem prejudicar a amamentação, diz pesquisa do Observa Infância.

Baixar arquivo