Incêndio florestal em Alter do Chão não tem participação de Ongs, diz MPF

MPF

Publicado em 28/11/2019 - 17:29 Por Renata Martins - Brasília

Investigação federal sobre incêndio em Alter do Chão não aponta para a participação Ongs, afirma MPF.

 

O Ministério Público Federal solicitou nesta quinta-feira (28), acesso ao processo judicial da 1ª Vara criminal de Santarém, que autorizou a prisão preventiva de quatro brigadistas voluntários investigados por incêndios florestais em Alter do Chão. Dez procuradores da República assinam o documento.

 

Cerca de 16 mil hectares foram atingidos pelo fogo, entre os dias 14 e 17 de setembro deste ano, na Área de Proteção Ambiental, que fica no município de Santarém, oeste paraense.

 

O Ministério Público também encaminhou à Polícia Civil do Pará pedido para ter acesso integral ao inquérito que levou às prisões, durante operação “Fogo do Sairé”, deflagrada na terça-feira.

 

Os brigadistas são acusados pela Polícia Civil de iniciar os incêndios e depois combatê-los, para facilitar o recebimento de apoio financeiro de ongs internacionais. Os voluntários presos negam a acusação.

 

Ainda em setembro, a Delegacia de Polícia Federal, em Santarém, instaurou Inquérito para apurar o fato. De acordo com o MPF, na investigação federal, nenhum elemento apontava para a participação de brigadistas ou organizações da sociedade civil. Ao contrário, a linha que vem sendo seguida pelos agentes federais, desde 2015, aponta para a atuação de grileiros como possível causa de desmatamento e queimadas na região.

 

Os procuradores da república querem analisar se a competência é federal ou estadual no caso. Os incêndios tiveram início em uma área conhecida como “Capadócia”, que abrange parte na Gleba Federal Arrecadada Mojuí dos Campos I, parte no Projeto Agroextrativista do Eixo Forte - assentamento federal administrado pelo Incra.

 

Se confirmado que as queimadas ocorreram em terras públicas federais, o MPF entende que a atribuição para investigar não é da Polícia Civil. Michel Durans, advogado de defesa dos brigadistas, afirma a acusação da polícia estadual é infundada e que já recorreu da decisão.

 

A Polícia Civil do Pará não retornou nosso contato sobre o pedido do MPF, até o fechamento desta reportagem. Não conseguimos contato com o Tribunal de Justiça do Pará.

Últimas notícias
Saúde

Mais de 30 países já notificaram casos da Ômicron

Por ter uma maior facilidade de transmissão, a nova cepa do coronavirus tem sido apontada pela África do Sul como determinante no agravamento da quarta onda vivida no país. .

Baixar arquivo
Pesquisa e Inovação

Motoristas recebem notificação antecipada de multas em novo serviço

As mensagens começaram a ser enviadas esta semana por e-mail, SMS e pelo aplicativo gov.br. Esse serviço, chamado de Notifica gov.br, ainda está em operação-piloto e deverá ser ampliado para outras áreas. 

Baixar arquivo
Saúde

Paciente do RJ testa negativo para variante Ômicron

Paciente de 29 anos, que chegou ao Rio vinda recentemente de uma viagem à África do Sul, estava sob suspeita de infecção pela Ômicron, nova variante do coronavírus.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Prêmio de Acessibilidade reconhece iniciativas de inclusão de PCDs

Programa de instituto da Baixada Fluminense que oferece livros com linguagem inclusiva, como em Libras, e ação da prefeitura de João Pessoa que proporciona banho de mar acessível, passeio de caiaque e vôlei sentado foram algumas iniciativas premiadas.

Baixar arquivo
Economia

Produção industrial brasileira recua 0,6% em outubro, diz IBGE

 Esta é a quinta queda consecutiva do indicador, que acumula perda de 3,7%. Os dados estão na Pesquisa Industrial Mensal, divulgada nesta sexta-feira (3) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Baixar arquivo
Esportes

Em 2000, Gustavo Kuerten chegava ao topo do ranking mundial de tênis

Neste dia, há 21 anos, Gustavo Kuerten vencia a final do Masters de Lisboa, em Portugal, contra um dos favoritos, o norte-americano Andre Agassi. A vitória fez de Guga o primeiro sul-americano a terminar uma temporada como o número 1 do mundo.

Baixar arquivo