A pandemia e o isolamento social podem influenciar os sonhos?

Pesquisa Científica

Publicado em 01/06/2020 - 07:16 Por Sayonara Moreno - Brasília

Em isolamento domiciliar e respeitando as orientações de saúde, o artista Weid Sousa tem tentado filtrar o excesso de informações externas, a respeito da pandemia do novo coronavírus. Mesmo buscando manter a saúde mental, ele notou mudanças nos sonhos que vem tendo, apesar de se dizer “íntimo” daquilo que já costumava sonhar.

 

Weid é um dos 31 voluntários saudáveis, da pesquisa realizada pela neurocientista Natália Mota e costuma relatar tudo o que sonha no aplicativo já desenvolvido pelo laboratório do Sono, do Instituto do Cérebro, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

 

Na busca por entender se o isolamento social interfere, e como interfere nos sonhos, o grupo de pesquisadores resolveu comparar relatos, no aplicativo, de sonhos antes da pandemia, com sonhos ocorridos durante o isolamento social.

 

O que ficou constatado é que o isolamento vem alterando a forma como as pessoas sonham e como enxergam esses sonhos.

 

A conclusão foi explicada pela pesquisadora Natália Mota, que disse ser possível uma “associação entre as alterações nos sonhos da pandemia e o nível de sofrimento mental das pessoas “, durante esse período.

 

O ator Raphael da Matta não fez parte do estudo, mas é um dos que sentiram mudança nos sonhos, durante o isolamento social.

 

Também há quem sentiu uma outra mudança nos roteiros e na forma como os sonhos se desenrolam.

 

A professora e arquiteta, Clara Ovídeo, foi uma das voluntárias do estudo da Universidade Federal do Rio Grande do Norte e acredita que a correria da vida acadêmica, mesmo durante o isolamento, afetou os sonhos.

 

Ainda de acordo com a neurocientista Natalia Mota, os sonhos podem ser inspiração e o ato de compartilhar com amigos e profissionais pode ajudar a resolver os problemas pessoais que se intensificarem na pandemia.

 

Com produção de Michelle Moreira, da Rádio Nacional em Brasília, Sayonara Moreno. 

Últimas notícias
Direitos Humanos

Corpo de Dom Phillips é velado em Niterói, no Rio de Janeiro

Durante o velório, um pronunciamento foi lido pela irmã do jornalista. Sian Phillips destacou os motivos que levaram Dom a ser assassinado e selou um compromisso de continuar o trabalho dele.

Baixar arquivo
Saúde

Navio hospitalar atenderá comunidades ribeirinhas do Pantanal

Até o dia 3 de julho, o Navio de Assistência Hospitalar Tenente Maximiano vai percorrer os 520 quilômetros no trecho sul do Rio Paraguai para atendimentos médicos e odontológicos.

Baixar arquivo
Educação

Covid: Fiocruz reafirma importância de manter aulas presenciais

A Fundação Oswaldo Cruz enfatiza que é necessário ter disponibilidade de testes para covid-19 na comunidade escolar e recomenda que seja dada prioridade à vacinação com doses de reforço aos trabalhadores da educação.

Baixar arquivo
Cultura

Cem anos do rádio no Brasil: a Rádio Nacional

Não é possível contar a história do rádio no Brasil, sem mencionar a Rádio Nacional. Entre os anos 1940 e 1950, a emissora foi responsável por inesquecíveis programas, formatos e profissionais de nosso rádio.

Baixar arquivo
Geral

Acidente com avião de pequeno porte deixa três mortos em SP

Um avião de pequeno porte caiu em Salto do Pirapora no interior de São Paulo. Depois da queda, a aeronave pegou fogo. Três pessoas morreram no acidente. O piloto, a esposa e uma funcionária do casal. O corpo de bombeiros foi acionado pouco antes do meio-dia e trabalhou no resgate. 

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Multas ambientais são convertidas em insumos para proteção de animais

São equipamentos como mesa de atendimento veterinário, ultrassonografia, terapia a laser e a construção de recintos de voo, utilizados para tratamento e reabilitação dos animais.

Baixar arquivo