Contestação de Auxílio Emergencial negado poderá ser feita via Defensoria Pública

Auxílio Emergencial Negado

Publicado em 18/06/2020 - 12:43 Por Beatriz Albuquerque - Brasília

A partir da próxima segunda-feira, dia 22, quem teve o Auxílio Emergencial negado pode entrar com pedido de contestação de resultado, por meio da Defensoria Pública da União do seu município. Para isso, basta apresentar os documentos que comprovam a possibilidade de receber o benefício.

 

A parceria que permite esse recurso foi assinada, nessa terça-feira (16), em um acordo de cooperação técnica entre o ministro da Cidadania, Onyx Lorenzoni, e o defensor público-geral federal, Gabriel Faria Oliveira. O ministro explicou que o governo tem apostado em acordos com outros órgãos federais para atender aos 64 milhões de brasileiros que têm direito ao auxílio emergencial. Ele conta que a parceria com a Defensoria era o único passo que faltava no atendimento ao cidadão.

 

Onyx Lorenzoni explicou ainda que o trabalhador que buscar o seu direito e, caso esteja dentro do que a lei determina, vai, sim, receber o auxílio. A ideia é solucionar o caso dessas pessoas por meio administrativo, sem ser necessário o processo de judicialização.

 

E a Polícia Federal está orientando que os beneficiários que identificarem saques, transferências bancárias ou pagamentos de contas e boletos realizados por terceiros sem o seu consentimento, não precisam ir à sede da PF. Esses cidadãos devem comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal para iniciar o processo de contestação de movimentação em conta e receber eventual ressarcimento.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Geral

Covid-19: São Luís é 1ª capital a vacinar pessoas com 29 anos ou mais

São Luís é a primeira capital do país a vacinar pessoas a partir de 29 anos sem comorbidades contra a covid-19.

Até domingo (13), será feito um mutirão para acelerar o ritmo da vacinação, conforme anunciou em redes sociais o governador do Maranhão, Flávio Dino.

Baixar arquivo
Geral

Programa Caixa Mais Brasil chega à 100ª edição neste sábado

Durante este fim de semana, a Caixa Econômica Federal promove mais uma edição do programa Caixa Mais Brasil.

Baixar arquivo
Geral

Covid-19: projeto no DF oferece apoio psicológico a enlutados

Lidar com a morte é um processo doloroso. E desde o início da pandemia do coronavírus, por causa das medidas de segurança e distanciamento social, nem sempre quem perde um ente querido encontra uma rede de apoio para enfrentar esse momento.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Pandemia coloca 9 milhões de crianças em risco de trabalho infantil

Os dados estão no relatório do Unicef (Fundo das Nações Unidas para a Infância) publicado para marcar o Dia Mundial de Combate ao Trabalho Infantil, celebrado neste sábado, 12 de junho

Baixar arquivo
Saúde

Estado do Rio de Janeiro permanece com risco moderado para covid-19

O Mapa de Risco Covid-19 manteve a classificação geral na bandeira laranja, mas segundo o estudo, houve melhora no cenário epidemiológico em seis regiões.

Baixar arquivo
Saúde

Fiocruz recebe insumo para a produção de 6 milhões de doses da vacina

A Fiocruz recebe neste sábado (12) mais um lote de IFA para a produção da vacina contra a covid-19. O insumo deverá desembarcar no final da tarde no Rio de Janeiro.

Baixar arquivo