Governo do RJ realiza primeira audiência pública virtual para debater concessão da Cedae

Cedae

Publicado em 25/06/2020 - 18:10 Por Cristiane Ribeiro - Rio de Janeiro

Durou mais de seis horas a primeira audiência pública virtual sobre o processo de concessão da Companhia Estadual de Águas e Esgotos (Cedae) nesta quinta-feira (25). Foram muitas as críticas à proposta da nova modelagem apresentada pelo BNDES, pela falta de transparência do processo e de participação da população. O público participante também fez críticas ao processo de concessão ter começado no meio da pandemia do novo coronavírus.

 

O promotor de justiça do estado, André Dickstein, salientou a necessidade de ajustes no tutorial do processo de concessão da Cedae, e pediu que as contribuições cidadãs sejam incluídas no processo. Já o presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Saneamento e Meio Ambiente, Humberto Lemos, destacou que os trabalhadores e a população são contrários à privatização da companhia e reivindicou que as audiências sejam presenciais, porque a internet limita a participação pública.

 

De acordo com a proposta, a área que abrange os 64 municípios atendidos pela Cedae será dividida em quatro blocos, com prazo de concessão de 35 anos. Para cumprir as metas previstas nos contratos de concessão, a estimativa de investimentos dos operadores privados, em suas respectivas áreas de atuação, é de R$ 33,5 bilhões, que vão permitir que mais de 8,7 milhões de habitantes tenham acesso ao tratamento de esgoto e mais 1,5 milhão tenham acesso à água tratada.

 

Os contratos de concessão preveem investimentos de R$ 1,7 bilhão em saneamento nas comunidades. A estimativa é de que sejam gerados mais de 46 mil empregos diretos e indiretos nas áreas concedidas até 2054.

 

Na semana passada, o prefeito do Rio, Marcelo Crivella entrou com uma ação civil pública na Justiça Federal pedindo a suspensão do processo licitatório da Cedae e, posteriormente, a anulação da concorrência. Crivella alega flagrante violação ao contrato de prestação de serviços que a companhia tem com o município, à Constituição da República e à decisão do Supremo Tribunal Federal sobre a implantação da Região Metropolitana.

 

Outras duas audiências virtuais estão agendas para os dias 06 de julho e 04 de agosto.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

Vacinados ainda podem ser infectados pelo coronavírus

De acordo com especialistas, a imunização evita casos graves da doença, mas não impede que a pessoa seja reinfectada - e transmita o vírus. Para evitar o contágio, vacinação deve ser combinada com distanciamento social e uso de máscara.

Baixar arquivo
Política

Senado: Cronograma para CPI da Covid será apresentado na segunda

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco, disse que na próxima segunda-feira, vai apresentar o cronograma e os procedimentos para a instalação da CPI da Covid-19.

Na primeira reunião serão escolhidos por meio de votação o presidente e o vice-presidente da Comissão.

Baixar arquivo
Política

Joaquim Silva e Luna é aprovado para a presidência da Petrobras

O general foi aprovado em reunião do Conselho de Administração da estatal realizada nesta sexta-feira (16). Também foram nomeados os sete integrantes da Diretoria Executiva da estatal. Três deles foram reconduzidos ao cargo.

Baixar arquivo
Saúde

Anvisa chega neste sábado a Moscou para vistoriar fábrica da Sputnik V

Conclusões vão subsidiar decisão sobre uso da vacina no Brasil. Anvisa faz busca ativa das informações, já que 40% dos documentos que devem ser entregues pelos fabricantes estão incompletos ou não chegaram a ser apresentados.

Baixar arquivo
Saúde

SP: Crianças e gestantes foram vacinadas contra covid por engano

 Ao todo, 51 pessoas foram vacinadas contra a covid-19 por engano no estado de São Paulo. Eram pessoas que deveriam tomar a vacina contra a gripe e acabaram recebendo doses da Coronavac.

Baixar arquivo
Geral

SP libera comércio e cultos religiosos em nova fase de transição

Medidas restritivas anunciadas ficam entre a atual fase vermelha do Plano São Paulo e a laranja, que adota restrições ainda mais brandas. As regras valem a partir de domingo (18).

Baixar arquivo