STJ libera nomeação de servidor ligado a entidade missionária para área de índios isolados da Funai

Índios isolados da Funai

Publicado em 10/06/2020 - 18:45 Por Renata Martins - Brasília

O Superior Tribunal de Justiça (STJ) autorizou a nomeação de Ricardo Lopes Dias para a Coordenação-Geral de Índios Isolados e de Recente Contato da Fundação Nacional do Índio (Funai).

 

A posse de Ricardo Dias, nomeado em fevereiro, foi suspensa dia 21 de maio pelo Tribunal Regional Federal da 1ª Região. A liminar atendeu a pedido do Ministério Público Federal.

 

Segundo o MPF, Ricardo Lopes Dias é ligado à Missão Novas Tribos do Brasil, um movimento de faz contatos em busca de evangelizar povos isolados, o que revelaria conflito de interesses com a política indigenista do Brasil.

 

O TRF-1 lembrou que o direito ao isolamento de determinados povos indígenas decorre do princípio da autodeterminação, que lhes assegura a possibilidade de decidir sobre o seu modelo de vida, conforme seus usos e costumes.

 

Ao suspender os efeitos da liminar, o presidente do STJ, ministro João Otávio de Noronha, considerou que o vínculo de Ricardo Dias com organizações cristãs de evangelização, por si só, não o desqualifica para o exercício das funções na Funai nem gera, necessariamente, um conflito de interesses.

 

Organizações indígenas, como a Articulação dos Povos Indígenas do Brasil (Apib), são contrárias à nomeação.

 

Para a Apib, há inúmeras situações onde o contato forçado provocado por grupos missionários teve, como rápida consequência, o elevado número de mortes por doenças, desestruturação sociocultural e desterritorialização.

 

De acordo com a Funai, o retorno de Ricardo Lopes Dias ao cargo de coordenador-geral de Índios Isolados e de Recente Contato será feito em portaria publicada no Diário Oficial da União, nos próximos dias.

Últimas notícias
Saúde

Doação de leite humano só atende metade da demanda no Brasil

Dia Mundial de Doação de Leite Humano, celebrado nesta quinta-feira (19), é uma iniciativa para a proteção e promoção do aleitamento materno. 

Baixar arquivo
Política

Presidente da República almoça com embaixadores de 18 países no Rio

Como exemplo de situações de instabilidade mundial, que demonstram a segurança oferecida pelo Brasil, Jair Bolsonaro citou os riscos de desabastecimento que vários países vêm passando.

Baixar arquivo
Geral

Rio de Janeiro: crimes contra a vida têm queda de 17%

Os dados são relativos aos primeiros quatro meses de 2022 na comparação com o mesmo período do ano passado. Foram 1.025 vítimas, o menor número desde 1991.

Baixar arquivo
Saúde

Covid-19: número de testes positivos em farmácias cresce 54% em maio

Dos 210 mil testes realizados na primeira quinzena do mês, quase 50 mil comprovaram a infecção pelo coronavírus. Já em abril, foram 262 mil no total e cerca de 32 mil confirmaram a presença do Sars-Cov-2.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

ONU diz que subiu 500% o total de pessoas com fome no mundo desde 2016

Os níveis de fome ao redor do mundo atingiram uma nova alta, segundo o secretário-geral das Nações Unidas. António Guterres fez declarações na quarta-feira, durante uma reunião ministerial sobre segurança alimentar, em Nova Iorque. 

Baixar arquivo
Política

Lei que torna permanente o Auxílio Brasil é publicada pelo governo

A medida que estabelece um piso do benefício de R$400 de forma permanente foi sancionada, nessa quarta-feira, pelo presidente Jair Bolsonaro e publicada no Diário Oficial da União desta quinta-feira.

Baixar arquivo