Hospital federal que pegou fogo no Rio suspende atendimentos

Quatro pacientes morreram após transferência durante combate às chamas

Publicado em quinta-feira, 29 Outubro, 2020 - 14:53 Por Raquel Junia - Rio de Janeiro

Estão suspensos por tempo indeterminado todos os atendimentos no Hospital Federal de Bonsucesso, um dos mais importantes da rede pública do Rio, que foi atingido por um incêndio terça-feira (27). Segundo profissionais do hospital, as equipes tentam entrar em contato com pacientes para desmarcar consultas e procedimentos.

A Secretaria Municipal de Saúde confirmou, nesta quinta-feira (29), mais uma morte de paciente após ser transferido do hospital em decorrência do incêndio. De acordo com a pasta, a paciente, de 73 anos,  tinha estado de saúde grave devido a uma doença cardíaca avançada e morreu no Hospital Municipal Souza Aguiar, para onde havia sido levada.

Ate agora, foram quatro mortos. Os outros três faleceram logo após o incêndio: uma idosa de 83 anos, uma mulher de 42 anos e um homem, de 39, todos internados devido a complicações da covid-19.

Apesar de o incêndio ter atingido apenas um dos prédios da unidade, o Ministério da Saúde informou em nota que todo o complexo deverá passar por modernização para atender a legislação atual, e que já há projetos em andamento para realizar uma série de reformas.

 Ainda de acordo com a nota, no ano passado foram repassados R$1,8 milhão de verba suplementar para essas obras. Segundo o Ministério da Saúde, a estrutura da rede federal será disponibilizada para que não haja prejuízo na assistência à população.

O representante do corpo clínico da Hospital de Bonsucesso, Julio Noronha, informou que o fechamento de todo o complexo foi discutido em reunião com os profissionais nesta quarta-feira (29). Ele lamentou a tragédia e mencionou o relatório produzido pela Defensoria Pública da União em 2019 que apresentou a gravidade dos riscos que a unidade corria, exatamente pela falta de modernização no sistema de eletricidade.

O médico explicou que durante a reunião ficou acordado que os profissionais que precisavam acompanhar pacientes específicos, por exemplo, aqueles transplantados, fariam esses atendimentos nos hospitais para onde os doentes foram transferidos, mas que o restante da equipe entraria de férias, já que muitos tiveram o benefício suspenso em função da covid-19.

O Ministério da Saúde confirmou que a Superintendência Estadual da pasta no Rio de Janeiro avalia conceder férias aos servidores que já tenham o período vencido e remanejar os demais profissionais a outras unidades de saúde da rede federal.

Sobre as falhas estruturais na unidade, a nota do Ministério diz que, neste ano, realizou diversas visitas aos hospitais federais do Rio de Janeiro, incluindo o de Bonsucesso.

Além da investigação já aberta pela Polícia Federal, a pasta disse que abriu uma sindicância para apurar as causas do incêndio.

Os bombeiros ainda trabalham na unidade nesta quinta-feira, realizando o trabalho de rescaldo.

Edição: Joana Lima

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Eleições 2020

"Não entregue aos outros o seu destino", pede Barroso aos eleitores

Em pronunciamento em rede nacional na noite deste sábado, o ministro do Tribunal Superior Eleitoral Luiz Roberto Barroso convocou os eleitores de 57 cidades brasileiras onde haverá segundo turno a comparecerem às urnas neste domingo, inclusive quem deixou de votar no primeiro turno.

Baixar arquivo
Meio Ambiente

Emissão de gases poluentes no mundo cai, mas CO2 continua a aumentar

Segundo relatório da Organização Meteorológica Mundial da ONU, no período mais intenso de confinamento, as emissões globais caíram 17%. A previsão é que para este ano as emissões totais de gases possam ser reduzidas de 4 a 8%. Mas a queda não foi capaz de diminuir a concentração de dióxido de carbono (CO2) – que produz o efeito estufa.

Baixar arquivo
Geral

Natal iluminado: pisca-pisca é item popular, mas pode oferecer perigo

Um dos enfeites mais populares de Natal, o pisca-pisca é facilmente encontrado à venda no fim do ano. Mas é preciso tomar cuidado na hora de escolher e instalar essas luzes. Se o produto for de baixa qualidade ou instalado de forma incorreta, pode provocar incêndios ou choques elétricos. Saiba o que é preciso observar para garantir a segurança do item.

Baixar arquivo
Eleições 2020

Relembre medidas contra Covid-19 que devem ser cumpridas no domingo

37 milhões de brasileiros vão escolher o futuro prefeito neste 2º turno. Quem não votou no 1º turno pode comparecer às urnas neste domingo - mesmo quem ainda não justificou a ausência. Mas é preciso lembrar de tomar precauções para evitar a disseminação do novo coronavírus.

Baixar arquivo
Eleições 2020

TSE aprova envio de Força Federal para mais duas capitais

A Força Federal é composta por militares das forças armadas, e atua durante as eleições na segurança do processo eleitoral, garantindo o livre exercício do voto. Nessa quinta-feira, a Justiça Eleitoral já havia aprovado o emprego da Força Federal para Manaus, no Amazona; e Fortaleza e Caucaia, no Ceará.

Baixar arquivo
Geral

Prefeitura de São Carlos decreta estado de emergência

A cidade foi atingida por um forte temporal na tarde dessa quinta-feira. Pelo menos 150 moradores tiveram que ser resgatados de áreas alagadas. A área central foi uma das mais impactadas. Mais de 100 lojas da região foram inundadas, carros foram arrastados e várias ruas tiveram o asfalto arrancado com a força da água.

Baixar arquivo