Geólogos e engenheiros apuram causas de desabamento da falésia em Pipa

3 pessoas da mesma família morreram soterradas na praia

Publicado em 18/11/2020 - 16:21 Por Anna Luisa Praser - Brasília

Bombeiros e uma equipe formada por geólogos e peritos em engenharia civil estiveram na praia de Pipa, no Rio Grande do Norte, nesta quarta-feira, para apurar as causas do desabamento de uma falésia que vitimou uma família.

A inspeção é o ponto de partida para que a prefeitura tome as medidas adicionais necessárias e garanta a segurança dos frequentadores da praia de Pipa. Um dos itens avaliado é a dimensão das interdições feitas no local - se vai precisar aumentar o perímetro ou se ainda é necessário manter o isolamento. Isso porque uma área de 100 metros em torno da falésia foi demarcada nessa terça-feira para impedir a circulação de pessoas no local. Com isso, os estabelecimentos que funcionam nesse ponto também tiveram de fechar.

Além da inspeção na área, representantes da Defesa Civil, entidades ambientais locais e estaduais se reuniram nesta quarta-feira com o Ministério Público Federal para tratar do caso e avaliar a aplicação de mais medidas de segurança. 20 donos de estabelecimentos que funcionam nas proximidades da falésia participaram do encontro.

O governo também se preocupa com o caso. Pelo Twitter, o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, escreveu que "uma engenheira e um geólogo foram enviados à região para avaliarem os riscos e as medidas de prevenção necessárias na praia de Pipa, no Rio Grande do Norte". 

Além disso, a Defesa Civil disse já conhecer os riscos e, por esse motivo, já vem instalando placas com orientações de segurança que devem ser seguidas pelos frequentadores.

Em entrevista à Rádio Nacional, o tenente-coronel da Defesa Civil de Tibau do Sul, município que abriga a praia de Pipa, Marcos de Carvalho, deu orientações para quem pretende visitar a região.

Nessa terça-feira, parte de uma falésia desabou e atingiu três pessoas de uma mesma família: um casal e o filho de sete meses. A criança chegou a ser resgatada com vida, mas não resistiu aos ferimentos e acabou morrendo no local.

A prefeitura de Tibau do Sul publicou uma nota de pesar e lamentou o falecimento de Hugo Mendes Pereira, Stela Souza e do bebê, Sol, vítimas desse trágico acidente - e reforçou a importância da população e turistas evitarem se aproximar desses paredões sedimentares.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

STJ decide que plano de saúde deve custear remédio de canabidiol

O Superior Tribunal de Justiça determinou que uma operadora de plano de saúde forneça medicamentos à base de canabidiol a um paciente diagnosticado com epilepsia grave. O canabidiol é extraído da Cannabis sativa, planta conhecida como maconha.

Baixar arquivo
Política

PEC dos Precatórios deve ser votada nesta quarta na Câmara

O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, marcou para esta quarta-feira a votação da PEC dos Precatórios. Prevista na pauta dessa terça-feira, Lira justificou que o adiamento foi necessário porque faltava conversar com alguns líderes sobre o texto.

Baixar arquivo
Geral

Santa Catarina passa a adotar número de RG igual ao do CPF em novembro

. Quem já tiver o RG, o número continua valendo, mas quem for emitir a primeira via já não vai contar com um número separado do RG.

Baixar arquivo
Saúde

Alerj aprova liberação do uso de máscaras ao ar livre no estado do Rio

O projeto aprovado pela Alerj ainda precisa seguir para sanção ou veto  do governador Cláudio Castro, que tem um prazo de 15 dias para publicar a decisão.

Baixar arquivo
Geral

Roubo de cabos de energia dificultou trajetos do metrô em São Paulo

Segundo o Metrô, foram roubados 30 metros de cabos do sistema que alimenta a energia dos trens. A confusão começou por volta das 5h e também comprometeu a operação na Linha Azul.

Baixar arquivo
Saúde

INCA alerta para perigos do consumo coletivo de narguilés na pandemia

Para além dos riscos da transmissão de doenças como a covid, caso a mangueira seja compartilhada, uma sessão de narguilé, que costuma durar entre 1hora a 90 minutos, equivale ao consumo de 100 cigarros comuns. 

Baixar arquivo