Casamentos e nascimentos no Brasil têm queda em 2019, segundo IBGE

Pesquisa divulgada nesta quarta aponta aumento nos registros de óbitos

Publicado em 09/12/2020 - 10:08 Por Solimar Luz - Rio de Janeiro

Os brasileiros estão se casando menos. Em 2019, foram registrados um 1.024.676 milhão casamento civis entre pessoas de sexos diferentes; o que representa uma redução de 2,7% em comparação a 2018. O mesmo comportamento foi observado nos casamentos civis entre pessoas do mesmo sexo, que registraram queda de 4,9%, em igual período.

A  Região Norte foi a única onde ocorreu aumento no número de casamentos de pessoas do mesmo sexo, registrando alta de 6,5% entre 2018 e 2019.

Os números fazem parte das Estatísticas de Registro Civil 2019, divulgadas nesta quarta-feira (9), pelo IBGE.

 A pesquisa apresenta dados sobre nascimentos, mortes e mudança de estado civil. No entanto, não inclui modalidades como união estável, como explica a pesquisadora Klivia de Oliveira, responsável pelo levantamento.

E, se por um lado o número de separações vem aumentando em 2020, ano em que a pandemia do novo coronavírus impôs o isolamento social, o número de casais divorciados foi menor em 2019 na comparação com 2018. A queda também tem sido observada no tempo de duração das relações civis.

Em 2009, por exemplo, o tempo médio entre a data do casamento e da sentença ou escritura do divórcio era de 17,6 anos; em 2019, a média caiu para 13,8 anos.

A pesquisa mostra ainda que casais divorciados têm optado pela guarda compartilhada dos filhos menores de idade. Em 2014,  a proporção  dessa modalidade era de 7,5%. Em 2019, passou para 26,8%.

E depois de dois anos de altas, o número de registros de nascimento caiu em 2019. Na comparação com 2018, a redução ficou em 3%.

Já o número de óbitos deu um salto nos últimos 11 anos de 24,5%, passando de 1.055.672 em 2008, para 1.314.103, em 2019. 

Os resultados da pesquisa referem-se aos registros de nascimento, casamentos e óbitos informados pelos Cartórios, e aos divórcios judiciais declarados pelos Foros, Varas Cíveis e de Família.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

Dia D disponibiliza a crianças e adolescentes 18 tipos de vacinas

A campanha de multivacinação vai até o dia 29 de outubro e visa aumentar a cobertura vacinal no país, que tem caído desde 2015, quadro que se agravou durante a pandemia.

Baixar arquivo
Geral

Governo baiano aumenta gratificação por armas retiradas de circulação

O estado multiplicou por quatro a gratificação dada por cada arma retirada de circulação pelas polícias civil e militar. A medida, segundo o governador Rui Costa, é para valorizar a produtividade policial no enfrentamento à criminalidade.

Baixar arquivo
Saúde

STF restabelece exigência de passaporte da vacina em Macaé, no RJ

A decisão atende a pedido do município. Com isso, volta a valer o decreto que exige a apresentação do comprovante de vacinação contra a covid-19 para o acesso e permanência em estabelecimentos.

Baixar arquivo
Saúde

Rio suspende aplicação de dose de reforço contra covid-19

A Secretaria Municipal de Saúde informou que a medida foi necessária porque houve mudanças no cronograma de entrega do imunizante da Pfizer. E que a vacinação só será retomada após a entrega de novas remessas.

Baixar arquivo
Saúde

Rio: Maré deve concluir campanha de vacinação em massa contra covid

O mutirão para aplicação da segunda dose teve início na quinta-feira (14) e está sendo realizado em clínicas da família e associações de moradores. A mutirão começou às 8h e segue até 17h. 

Baixar arquivo
Geral

INSS publica novo calendário para prova de vida

A obrigatoriedade da prova de vida está suspensa até o final deste ano. Os aposentados e pensionistas que não realizaram o procedimento continuam recebendo o benefício.

Baixar arquivo