INSS suspende atendimento do PREVBarco a comunidades do Amazonas

Devido à pandemia, serviço está suspenso até 5 de fevereiro

Publicado em quarta-feira, 20 Janeiro, 2021 - 12:00 Por Maíra Heinen - Brasília

Com o agravamento da pandemia no Amazonas, o INSS resolveu suspender as missões dos chamados PREVBarcos, que são Unidades Móveis Flutuantes de atendimento à população ribeirinha e trabalhadores rurais.

As viagens dos barcos Manaus Flutuante 1 e 2 estão suspensas até o dia 5 de fevereiro, quando haverá um estudo para verificar se é possível retomar as atividades.

Nessas unidades, os moradores de várias regiões do interior conseguem benefícios previdenciários rurais e urbanos, como aposentadorias, pensões, auxílios e salário-maternidade, entre outros serviços.

Essas unidades ampliam muito a cobertura previdenciária e são responsáveis por 9,26% dos benefícios concedidos pelo Instituto no estado do Amazonas, segundo estudos feitos em 2019 pelo próprio INSS.

Sem o Previbarco, a alternativa dos moradores é procurar atendimento via internet ou em locais onde o INSS tem acordos de cooperação, como explica o Chefe da Divisão de Gestão de Benefício da Região Norte/Centro-Oeste, Iracemo Coelho.

O INSS conta com cinco PREVBarcos. Dois deles navegam nos rios do estado do Amazonas, dois no Pará e outro em Rondônia. Eles possuem equipamentos de última geração e estrutura completa de atendimento, o que possibilita realizar os mesmos serviços de uma agência fixa do INSS.

E durante a pandemia, um protocolo de atendimento foi montado para evitar o contágio pelo coronavírus, com a instalação de anteparos de acrílico nos guichês de atendimento e nas mesas dos peritos médicos.

 

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Saúde

Israel poderá contribuir para produção de vacina brasileira

A comitiva brasileira em Israel se reuniu nesta segunda-feira (8) com o primeiro ministro Benjamin Netanyahu e com autoridades do Ministério da Saúde daquele país.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Rio teve 250 casos por dia de violência contra a mulher em 2020

Mais de 250 mulheres foram vítimas de violência, por dia, no estado do Rio, durante o isolamento social em 2020. 73 mil mulheres sofreram algum tipo de violência em cada um dos 293 dias em que o estado teve algum nível de restrição devido a pandemia.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Campanha chama mulheres a reconstruir o Brasil depois da pandemia

A ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, Damares Alves, lançou nesta segunda-feira (8) a campanha “A Força da Mulher Brasileira Impulsionando o País”.

Baixar arquivo
Geral

Festa clandestina com mais de 100 pessoas é interditada em Pernambuco

Uma festa clandestina com mais de 100 pessoas foi interditada neste final de semana, em Pernambuco. A fiscalização encontrou o grupo numa casa no município de Moreno, na região metropolitana de Recife.

Baixar arquivo
Saúde

Portugal cobra teste negativo de passageiros do Brasil e Reino Unido

Companhias aéreas terão que enviar às autoridades de saúde listagem dos passageiros provenientes dos dois países. Além do exame negativo tipo RT-PCR para covid-19, passageiros devem fazer isolamento social de 14 dias

Baixar arquivo
Saúde

Estoque dos bancos de leite materno cai no início do ano

Queda é comum em todo o país após as festas de fim de ano. Bancos de leite recebem qualquer quantidade e quase todas as mães que estão amamentando podem ajudar.

Baixar arquivo