Rio terá fiscalização de bares e boates por "amostragem"

Estádios teriam ainda público parcial, mas prefeito voltou atrás

Publicado em 13/01/2021 - 22:00 Por Fabiana Sampaio - Rio de Janeiro

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, afirmou que a prefeitura vai iniciar nesta sexta-feira uma fiscalização "por amostragem" em bares e casas noturnas da cidade contra a Covid-19.

Paes se reuniu nesta quarta-feira com secretários e lideranças dos diversos setores econômicos da cidade para discutir o cumprimento dessas regras de proteção à saúde no combate ao coronavírus.

De acordo com o prefeito, é impossível fiscalizar todos os estabelecimentos. Por isso, a fiscalização terá que selecionar alguns deles e inicialmente será focada na conscientização.

Nesta quarta-feira foi publicada uma resolução com novas regras a serem aplicadas, entre elas uma que liberava parte das arquibancadas dos estádios de futebol, mas horas depois o prefeito revogou. Ele afirmou que, mesmo com o respaldo da área técnica, decidiu revogar por ser um local de difícil controle.

Uma nova resolução deve ser publicada nesta quinta-feira.  As medidas foram divididas em três categorias: permanentes, variáveis e recomendáveis. As permanentes se baseiam nos três pilares de proteção: higienização das mãos, respeito ao distanciamento e uso de máscara.

As ações variáveis serão proporcionais aos estágios estabelecidos no boletim epidemiológico por áreas administrativas da cidade, que será divulgado toda sexta-feira.

E poderão ser limitadas à capacidade de lotação de estabelecimentos, alteração nos horários de funcionamento, ampliação das regras de distanciamento em locais fechados, entre outras.  As boates e danceterias, por exemplo, só ficarão fechadas em caso de risco muito alto da infecção. Eduardo Paes negou que estaria flexibilizando regras.

O Boletim Epidemiológico da Covid-19 na cidade mostra a distribuição dos casos pelas 33 Regiões Administrativas do município. As áreas são classificadas por níveis de contaminação, moderado, alto e muito alto.  Cada região deverá seguir a respectiva regra aplicada ao nível em que se encontra. De acordo com o último boletim divulgado, não há nenhuma área atualmente classificada como de alto risco.

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Esportes

Brasileira ganha ouro no Campeonato Italiano de Águas Abertas

A brasileira Ana Marcela Cunha conquistou a medalha de ouro do Campeonato Italiano de Águas Abertas, que aconteceu em Piombino, na Itália, nesta segunda-feira (14). Ana venceu os 10 quilômetros superando a alemã Lea Boy e a Italiana Ginevera Taddeuci.

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Junho Violeta: governo lança hoje pacto pelos direitos dos idosos

“Nenhum idoso será objeto de qualquer tipo de negligência, discriminação, violência, crueldade ou opressão, e todo atentado aos seus direitos, por ação ou omissão, será punido na forma da lei”.

Baixar arquivo
Política

Lei da improbidade administrativa está na pauta da Câmara esta semana

O projeto que altera a lei da improbidade administrativa pode ser votado nesta semana na Câmara dos Deputados. 

Baixar arquivo
Educação

Combate à violência contra a mulher entra para currículo escolar

A prevenção da violência contra a mulher passou a integrar os currículos da educação básica. Essa determinação está em lei sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro na última semana. 

Baixar arquivo
Política

Audiência na Câmara debate comunicação pública para a população negra

Comunicação pública para a população negra. Este foi o tema de audiência na Comissão de Cultura da Câmara dos deputados nessa segunda-feira. O diretor-geral da EBC, Roni Baskys, falou sobre o papel da empresa no combate ao racismo e na promoção da equidade racial.

Baixar arquivo
Saúde

Cientistas encontram marcadores para microcefalia causada por zika

Cientistas do Instituto de Química da Universidade de São Paulo (USP) e da Fiocruz, do Rio de Janeiro e da Bahia, identificaram um possível biomarcador da microcefalia no plasma de recém-nascidos, expostos ao zika vírus, quando ainda estavam na barriga da mãe. Biomarcadores sã

Baixar arquivo