Universo: entenda como as constelações são batizadas

Para astrônoma do MAST, as mais conhecidas estão ligadas ao zodíaco

Publicado em 18/06/2021 - 11:13 Por Adrielen Alves - Repórter da Agência Brasil - Brasília

Cassiopeia, Carina, Fenix...Estes nomes te remetem a alguma coisa? Não? E Andrômeda?! Este você conhece? Todos estes são nomes de constelações. Andrômeda está entre as mais famosas, e inspira obras de ficção científica.

E a lista tem ainda nomes como Pégasus, Ursa Maior, Ursa Menor, Cruzeiro do Sul, Touro e Escorpião. Para a astrônoma Flávia Requeijo, do Museu de Astronomia e Ciências Afins, as constelações ligadas ao zodíaco estão entre as mais conhecidas.

''Talvez as constelações mais famosas sejam as constelações do zodíaco. São 13 no total. É nesta região do céu que vemos passar o sol, a lua, os planetas. E assim por que os planetas estão girando ao redor do sol, no mesmo plano que a terra está girando ao redor do sol. E o efeito que vemos é como se todos os planetas estivessem projetados nesta região, onde se encontram então 13 constelações'', diz.

Com o objetivo de mapear o céu, a União Astronômica Internacional reconheceu, oficialmente, 88 constelações. Na antiguidade, estes grupamentos de estrelas eram associados a figuras de animais, objetos e até personagens da mitologia.

Estes "desenhos" no céu nortearam os povos ancestrais, ajudaram a explicar a passagem do tempo e a troca das estações. Foram fundamentais para a subsistência e para organização de rotinas, como plantar e colher. Cada povo batizava a constelação de acordo com sua cultura e vivência.

E só em 1930 é que foi realizada uma classificação da esfera celeste, dividida geometricamente em 88 partes. Destas, mais da metade são constelações atribuídas à Grécia Antiga, sendo 48 registradas pelo cientista Ptolomeu.

E você deve estar se perguntando como é possível localizar no céu estas constelações? Flávia Requeijo dá a dica.

'' Se olharmos para o céu sempre no mesmo horário ao longo do ano veremos que ele se repete a ca da estação. Por exemplo, no verão vemos a constelação de Orium, que é onde estão as Três Marias. No outono a constelação do Cruzeiro do Sul cada vez mais em destaque. E no inverno, vemos a constelação do Escorpião'', diz.

 

 

Edição: Nathália Mendes

Dê sua opinião sobre a qualidade do conteúdo que você acessou.

Para registrar sua opinião, copie o link ou o título do conteúdo e clique na barra de manifestação.

Você será direcionado para o "Fale com a Ouvidoria" da EBC e poderá nos ajudar a melhorar nossos serviços, sugerindo, denunciando, reclamando, solicitando e, também, elogiando.

Denúncia Reclamação Elogio Sugestão Solicitação Simplifique
Últimas notícias
Educação

Senado recebe Fábio Faria para tratar de internet em escolas públicas

Na audiência, os senadores cobraram a instalação de internet nos estabelecimentos de ensino.

Baixar arquivo
Saúde

Covid: DF começa a vacinar pessoas a partir dos 30 anos nesta terça

DF já registrou 57 casos da variante Delta. Mesmo assim, portaria do governo aumentou de 25% para 30% quantidade de público em eventos esportivos. 

Baixar arquivo
Política

No Alvorada, Jair Bolsonaro recebe o presidente de Portugal

O presidente da República, Jair Bolsonaro, recebeu, nesta segunda-feira, o presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa. Eles reafirmaram parcerias econômicas e comerciais e reiteraram o compromisso mútuo de promover a recuperação das duas nações no contexto pós-pandemia.

Baixar arquivo
Educação

Programa Água nas Escolas pode construir 2 mil cisternas no Nordeste

Segundo o Ministério da Cidadania, o investimento inicial de R$ 60 milhões vai beneficiar mais de 100 mil alunos em mais de 350 municípios. 

Baixar arquivo
Direitos Humanos

Programa Criança Protegida é lançado no Paraná

A iniciativa oferece aos estados formação e capacitação de profissionais do Sistema de Garantia de Direitos, para melhorar o atendimento e a assistência aos menores de idade que tiverem os direitos violados.

Baixar arquivo